Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura elétrica e de hidrometeoros das tempestades que produzem raios ascendentes

Processo: 17/13293-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 20 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Rachel Ifanger Albrecht
Beneficiário:Jessica Cristina dos Santos Souza
Supervisor no Exterior: Timothy James Lang
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Marshall Space Flight Center, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/17821-5 - Propriedades microfísicas da precipitação em tempestades com raios ascendentes, BP.IC
Assunto(s):Microfísica de nuvens   Tempestades   Raios   Raios ascendentes

Resumo

Os raios ascendentes em estruturas altas foram relatados sendo iniciados pela ramificação dentro nuvem de uma descarga elétrica matriz nuvem-solo (NS) ou intranuvem (IN), durante os estágios de decaimento das tempestades, e associados à precipitação estratiforme. Essa ramificação na nuvem da descarga matriz NS nas camadas mais baixas da precipitação estratiforme, bem como outros modos situacionais de disparo do raio ascendente, são indicativos de um centro de carga mais baixo. O objetivo deste estudo é determinar as características dos hidrometeoros das tempestades que produzem raios ascendentes, especialmente nas camadas inferiores da região estratiforme, onde o líder bidirecional da descarga matriz NS ou IN se propaga. Usaremos dados de radares polarimétricos e descargas elétricas de tempestades que produziram raios ascendentes em São Paulo, SP Brasil e Rapid City, SD EUA, para inferir a estrutura elétrica e dos hidrometeoros dessas tempestades. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.