Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de células solares a base de perovskitas

Processo: 16/25900-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:André Sarto Polo
Beneficiário:Elaine Teixeira Veiga
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Fontes alternativas de energia

Resumo

Durante os últimos anos, pesquisas em células solares estão se voltando para uma nova tecnologia para a conversão de energia solar em eletricidade. Células Solares à base de Perovskitas (PSCs) têm atraído muita atenção sendo que sua eficiência de conversão de energia aumentou de 4% para mais de 20% em apenas 6 anos. As perovskitas híbridas orgânicas-inorgânicas são as mais comuns nesta aplicação uma vez que apresentam propriedades interessantes como a alta mobilidade de elétrons e buracos. O conhecimento destas características permitiu o desenvolvimento de diferentes arquiteturas para estes dispositivos. Apesar dos altos valores de eficiência alcançados, as PSCs ainda apresentam problemas de estabilidade e presença de histerese. A fim de aumentar a estabilidade e eficiência e reduzir/eliminar a histerese, diferentes técnicas de deposição dos filmes no dispositivo vêm sendo exploradas juntamente com investigações de caráter fundamental como a influência das características dos filmes no comportamento da célula solar. A qualidade do filme de perovskita, das camadas de transporte de carga e suas interfaces são fatores fundamentais para o desenvolvimento de dispositivos de alta qualidade. Estudos com diferentes materiais nas camadas de transporte de carga bem como o uso de aditivos e a otimização de sua espessura são importantes para melhorar suas propriedades de transporte de carga e compreender os fatores que influenciam na performance e estabilidade das PSCs. Neste projeto, será iniciado o desenvolvimento de PSCs em nosso grupo com o objetivo de alcançar performance similar aquelas reportadas na literatura e alta reprodutibilidade. O passo seguinte será a avaliação dos efeitos da modificação nas camadas de transporte de carga de PSCs no seu desempenho e histerese. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VEIGA, ELAINE TEIXEIRA; MUELLER, ANDRESSA VIDAL; RAMOS, LUIZ DUARTE; MORELLI FRIN, KARINA PASSALACQUA; POLO, ANDRE SARTO. Interrelationship between the Ancillary Ligand Structure, Acid-Base Properties, and TiO2 Surface Coverage of Ru-II Dyes. European Journal of Inorganic Chemistry, n. 23, p. 2680-2688, JUN 22 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.