Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um processo de pré-tratamento de baixa severidade para produção de oligossacarídeos de palha de cana-de-açúcar

Processo: 17/15477-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Convênio/Acordo: BBSRC, UKRI
Pesquisador responsável:Telma Teixeira Franco
Beneficiário:Lívia Beatriz Brenelli de Paiva
Instituição-sede: Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético (NIPE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50612-8 - An integrated approach to explore a novel paradigm for biofuel production from lignocellulosic feedstocks, AP.TEM
Assunto(s):Oligossacarídeos

Resumo

A palha de cana-de-açúcar, constituída por topos verdes e folhas secas, pode ser mantida no campo para melhorar a qualidade do solo ou recolhida para ser aplicada em diferentes processos, seja para geração de energia através da sua queima em caldeiras, seja para produção de etanol de segunda geração (E2G). Uma condição ideal entre estas aplicações ainda é incerta e requer muitos estudos. Considerando sua aplicação em processos de fracionamento para obtenção de açúcares, investigações experimentais de suas alterações físico-químicas são importantes para o desenvolvimento de modelos que posam ser utilizados em um projeto racional de pré-tratamento. Além disso, condições operacionais podem ser desenvolvidas sob medida para se obter características químicas e estruturais específicas, como é o caso da produção de oligossacarídeos. Sabe-se que a etapa de pré-tratamento representa aproximadamente 40% de todo custo de investimento em uma planta de E2G e, por isso, alterações nas condições de processo e características do produto de interesse podem trazer grandes benefícios em termos técnico-econômicos para a tecnologia. Neste sentido, este projeto tem como objetivo estudar e desenvolver uma rota de pré-tratamento de baixa severidade para a palha de cana-de-açúcar. Condições operacionais serão estudadas a fim de maximizar a produção e recuperação dos xilooligossacarídeo, além de gerar uma biomassa pré-tratada proprícia para a obtenção de celuloligossacarídeos por meio de rotas enzimáticas. Esta proposta está inserida no plano de desenvolvimento do projeto FAPESP, convênio RCUK "An integrated approach to explore a novel paradigm for biofuel production from lignocellulosic feedstocks (FAPESP 15/50612-8)". Os oligossacarídeos produzidos, xilo e celooligossacarídeos, com graus de polimerização específicos, serão empregados em processos fermentativos utilizando um microrganismo geneticamente modificado a ser desenvolvido no projeto temático, podendo proporcionar vantagens competitivas nas aplicações de bioprocessos devido a sua especificidade de consumo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.