Busca avançada
Ano de início
Entree

Copolímeros em bloco baseados em poliestireno e poli[metacrilato de 2-(dimetilamino)etila] planejados para a confecção de nanorreatores

Processo: 17/02463-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Fábio Herbst Florenzano
Beneficiário:Carolina da Silva Melo
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08166-5 - Química em interfaces: interações de fármacos, peptídios e enzimas com membranas modelos, AP.TEM
Assunto(s):Metacrilatos   Poliestirenos   Copolímeros   Polimerização   Polímeros (materiais)

Resumo

Os nanorreatores são estruturas vesiculares nanométricas formadas por uma membrana semipermeável. Essa membrana pode ser constituída por copolímeros anfipáticos, abrindo perspectivas, promissoras, ainda pouco exploradas no país, para a área de síntese de materiais poliméricos. As novas técnicas de polimerização via desativação reversível de radical (RDRP) permitem a produção mais fácil e precisa de copolímeros em bloco anfipáticos que podem servir de base para vesículas poliméricas e, num segundo passo, nanorreatores. Neste trabalho pretende-se avançar na síntese e no estudo de novos materiais poliméricos, em particular copolímeos em bloco, que têm potencial para a geração de vesículas poliméricas. Para isso será usada a variante de RDRP conhecida como RAFT e os monômeros estireno, para formar o bloco apolar das cadeias, e metacrilato de 2-(dimetilamino)etila (MAEMA) para o bloco polar. Os materiais produzidos serão caracterizados por SEC, RMN de próton e outras técnicas. A capacidade de formação de vesículas será testada usando-se, a princípio, a injeção direta de solução concentrada em solvente miscível e posterior análise por espalhamento de luz dinâmico. Devido às características do PDMAEMA, o bloco polar deve apresentar carga positiva e resposta ao pH e temperatura. Várias condições diferentes serão testadas para relacionar a estrutura dos materiais às características das vesículas formadas, em particular o tamanho e a resposta temperatura. (AU)