Busca avançada
Ano de início
Entree

Introdução à relatividade geral e buracos negros

Processo: 17/13117-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Raphael Santarelli
Beneficiário:Rafael Schio Wengenroth Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/09357-9 - Física e geometria do espaço-tempo, AP.TEM
Assunto(s):Relatividade geral   Buracos negros   Equações de campo de Einstein

Resumo

A teoria da Relatividade Geral surgiu há mais de 100 anos, como uma revolução na física teórica e na maneira de interpretarmos efeitos gravitacionais, e ainda nos dias atuais sua complexidade e elegância em descrever o universo em que vivemos são surpreendentes. Talvez seja a teoria mais contestada de todos os tempos, mas até o momento nenhum experimento já realizado foi capaz de refutar suas previsões. A teoria funciona como ferramenta base para o estudo de cosmologia; origem e destino do universo; astrofísica, órbitas de partículas e luz ao redor de objetos massivos; buracos negros; e diversos outros tópicos de pesquisa atuais. Ainda que existam indícios que não apontem a relatividade geral como a teoria final para descrever o universo; juntamente com a mecânica quântica, existem esforços atuais no campo da gravitação quântica em que espera-se alcançar uma teoria de tudo. Devido à enorme capacidade de descrição do nosso universo e ao fato de ser o ponto de partida para estudos mais aprofundados em outros campos da física teórica, as pesquisas em relatividade geral têm uma importância central para o avanço da física contemporânea. Em vista disso, a pesquisa sobre a qual este projeto está pautado visa proporcionar ao estudante suas primeiras ferramentas e experiências, bem como a orientação necessária, para que ele seja capaz de adquirir uma base sólida da teoria e prepará-lo para conduzir sua carreira como pesquisador. Além dos fundamentos da teoria iremos aplicá-la no estudo de buracos negros, analisando suas definições, diferenças e influências em partículas e na própria luz, fazendo uma descrição completa dos fenômenos envolvidos. (AU)