Busca avançada
Ano de início
Entree

Relaxações anelásticas na identificação de processos de rearranjo estrutural e transições de fase em compósitos metálicos amorfos com memória de forma

Processo: 17/09715-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Claudio Shyinti Kiminami
Beneficiário:Paulo Wilmar Barbosa Marques
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/05987-8 - Processamento e caracterização de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas, AP.TEM
Assunto(s):Vidros metálicos   Atrito interno

Resumo

Nas últimas décadas, os vidros metálicos têm atraído grande interesse científico e tecnológico devido as suas propriedades únicas, como a falta de regularidade atômica de longo alcance e a sua homogeneidade composicional, semelhante ao estado líquido. Estas ligas amorfas apresentam melhores propriedades mecânicas, resistência à corrosão e alta resistência à fratura quando comparado a sua contraparte cristalina. No entanto, um compreensivo entendimento físico da estrutura desordenada, sua evolução estrutural e como a mesma afeta as propriedades mecânicas dos vidros metálicos, ainda é considerado um dos grandes desafios na Física da Matéria Condensada e na Ciência dos Materiais. Neste aspecto, a Espectroscopia Mecânica, que fornece o espectro anelástico (atrito interno e frequência de oscilação) em função da temperatura, é considerada uma técnica muito sensível a transições de fase e a processos dinâmicos através da qual são obtidas informações relevantes para a compreensão das alterações estruturais e vibracionais em vidros metálicos. A técnica permitirá estudar os mecanismos que envolvem a formação de nanoestruturas, como supercluster e estruturas do tipo molecular, bem como compreender como elas favorecem o crescimento de nanocristais dentro da matriz metálica amorfa, o que possibilitará a aquisição do espectro anelástico em materiais metálicos amorfos e em compósitos metálicos amorfos, tanto em forma de fita quanto em sua forma volumétrica. Este método permitirá investigar os mecanismos que ocorrem em ligas metálicas amorfas e o efeito que a formação e crescimento de nanoestruturas causam nos compósitos amorfos com memória de forma. A coleta de dados em conjunto com outras técnicas, permitirá investigar a evolução estrutural devido a processos dinâmicos relacionados a contribuições elásticas e a transições de fase que ocorrem nos vidros metálicos e em seus compósitos, o que poderá viabilizar uma melhor compreensão das propriedades mecânicas e dos mecanismos de deformação que ocorrem nos vidros metálicos e seus compósitos. Além disso, este projeto destina-se a formação de novos pesquisadores em nível de iniciação científica e de Pós-Graduação.