Busca avançada
Ano de início
Entree

Do "moderno" ao precário mundo do trabalho portuário: as implicações do avanço do capital no setor portuário brasileiro

Processo: 17/05924-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marcelo Dornelis Carvalhal
Beneficiário:Thiago Pereira de Barros
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/25126-0 - Trabalhadores portuários em portugal: panorama da relação capital - trabalho, BE.EP.DR
Assunto(s):Estado (política)   Saúde do trabalhador

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo geral compreender o trabalho portuário nacional frente a recente atuação do capital nos portos, ou seja, compreender as formas e condições de trabalho e as estratégias de controle do capital, sobretudo a partir do processo de modernização portuária. Vale dizer que, a modernização portuária foi instituída como uma estratégia de expansão do capital nos portos, tendo no Brasil seu marco com as Leis 8.630/93 e 12.815/13, as quais estabeleceram novos critérios de exploração, produção, organização e gestão dos portos e do trabalho. Neste sentido a proposta é compreender as estratégias de atuação e controle do capital em relação aos portos e aos trabalhadores portuários e o papel do Estado nesse processo. Ademais averiguando as condições de trabalho nos portos, sobretudo em relação aos Portos de Santos/SP e Pecém/CE, e as implicações desse processo à saúde dos trabalhadores. Assim como, as estratégias de resistências ou não das entidades representativas desses sujeitos. (AU)