Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa fotoquímica e estudo sistemático in vitro dos mecanismos de interação em novos complexos trinucleares de rutênio com DNA usando diferentes técnicas

Processo: 17/15202-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Sofia Nikolaou
Beneficiário:Camila Fontes Neves da Silva
Supervisor no Exterior: Claudia Turro
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Ohio State University, Columbus, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/25561-8 - Carboxilatos trinucleares de rutênio com ligantes funcionais CO, NO e intercaladores: estudo químico e de interações com biomoléculas alvo, BP.DR
Assunto(s):Química bioinorgânica

Resumo

O projeto apresentado aqui intitulado "Pesquisa fotoquímica e estudo sistemático in vitro dos mecanismos de interação em novos complexos de rúnio trinuclear com DNA usando diferentes técnicas" faz parte do meu projeto de doutorado (2014 / 25561-8) e está relacionado à linha de pesquisa do Professor Sofia Nikolaou (FFCLRP - USP) e Claudia Turro (The Ohio State University). Isso envolve o estudo das interações do DNA com os complexos de rutênio trinuclear [Ru3O (CH3COO) 5 (py) 2 (LL)] n onde py = piridina e LL = ligandos bidentados, LL1 = phen, LL2 = dppz, LL3 = dppzCH3, LL4 = DppzCl. O objetivo principal é investigar a natureza e a magnitude da ligação dos complexos e ligandos livres ao DNA usando várias técnicas. Para este fim, será estudado o comportamento fotoquímico dos complexos (1-4) em solução homogênea e a reatividade dos complexos em direção ao DNA. Significativamente, os complexos de metal interagem com o DNA e interferem em processos celulares importantes que, em última análise, resultam na morte celular. Neste contexto, com o objetivo de melhorar a eficácia e superar os efeitos colaterais associados ao uso de cisplatina (importante medicamento contra o câncer), os compostos de vários outros metais de transição também foram investigados ao longo dos anos. É relevante para o presente estudo encontrar novos complexos que exibam atividade antitumoral contra uma variedade de linhas celulares de câncer e conhecer as interações desses complexos com biomoléculas-alvo, como o DNA. A busca dessas espécies é de grande interesse, uma vez que existe a possibilidade de criar novos compostos contra o câncer, com base em intercaladores metálicos de ligação ao DNA. Portanto, para este estudo, uma pesquisa colaborativa entre químicos inorgânicos e cientistas fotoquímicos neste campo específico de pesquisa é de importância crítica e o ambiente fornecido pela professora Claudia Turro será essencial para o desenvolvimento deste projeto. Além disso, o Departamento de Química e Bioquímica dos Laboratórios da Universidade Estadual de Ohio tem um investimento extensivo feito pelos Institutos Nacionais de Saúde em instalações, equipamentos e pessoal. Isso é muito atraente para os pesquisadores da FFCLRP-USP e da Universidade de Ohio, que podem ter acesso a grandes instalações científicas e equipes de pesquisadores que trabalham em áreas de aplicação específicas.