Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do efeito da crioterapia em imagens termográficas em indivíduos com osteoartrite de joelho: ensaio clínico randomizado

Processo: 16/20594-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 09 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Tania de Fatima Salvini
Beneficiário:Carolina Carreira Breda
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/23705-3 - O efeito da crioterapia no controle da dor, na função e qualidade de vida em indivíduos com osteoartrite de joelho grau 4 - série de casos, BE.EP.IC
Assunto(s):Analgesia   Osteoartrite   Joelho   Osteoartrite do joelho   Crioterapia   Fisioterapia

Resumo

A osteoartrite (OA) é uma das principais causas de incapacidade para adultos e idosos, diminui a qualidade de vida, e é responsável por um oitavo de toda restrição das atividades de vida diária dos indivíduos acometidos. Entre as articulações que suportam peso, o joelho é a mais acometida pela OA. A osteoartrite de joelho (OAJ) causa sintomas como rigidez articular, dor, disfunções físicas e isso acarreta um considerável impacto na qualidade de vida dos indivíduos. Atualmente, diferentes opções de tratamento estão disponíveis para a doença. Uma combinação de tratamentos não farmacológicos, que incluem a educação do paciente, exercícios, mudanças de estilo de vida e fisioterapia, associados aos tratamentos farmacológicos, são os mais indicados. A crioterapia, uma intervenção não farmacológica bastante utilizada nas lesões músculo esqueléticas para controle da sintomatologia dolorosa, tem sido utilizada também na OAJ. No entanto, ainda há carência de evidências cientificas em relação aos seus efeitos na doença. Poucos estudos avaliaram os efeitos analgésicos e desfechos na qualidade de vida de pacientes com OAJ, após o uso da crioterapia de forma isolada. Além disso, estudos de revisão sistemática apontam para uma fraca evidência científica para o uso da crioterapia na OAJ devido a deficiências no desenho metodológico da maioria dos estudos. Assim, os resultados de um ensaio clínico randomizado e controlado sobre os efeitos da crioterapia na OAJ poderão contribuir com um melhor embasamento científico sobre o papel da crioterapia na OAJ. Objetivos: Avaliar o efeito da aplicação de crioterapia (saco gelo triturado) ao redor do joelho com OA no controle da dor, na função e na qualidade de vida desses indivíduos. Metodologia: Trata-se de um ensaio ¬clínico randomizado e controlado, duplo-cego. Participarão do estudo 54 indivíduos com OAJ, com diagnóstico baseado nos critérios clínicos e radiográficos do American College of Rheumatology, de ambos os sexos, com idade entre 40 e 65 anos. O número total de indivíduos será dividido, aleatoriamente, em dois grupos, com 27 indivíduos cada um. Durante 4 dias consecutivos, por um período de 20 min, cada grupo receberá um tipo de intervenção ao redor do joelho com OA: o grupo crioterapia receberá aplicação de sacos de gelo com compressão e o grupo placebo receberá aplicação de sacos de areia com compressão, sendo o peso e tamanho dos sacos, idênticos. Todos os indivíduos terão as seguintes variáveis avaliadas pré e pós-intervenção: intensidade da dor (Escala Visual Analógica), limiar de dor a pressão (Algometria), e temperatura (Imagens Termográficas). Ferramentas adicionais para complementar os dados do estudo serão utilizadas: Dois questionários de funcionalidade física (WOMAC, KOOS), um questionário de atividade física (IPAQ) e dois testes de função física (teste de sentar e levantar da cadeira em 30s e o Timed Up and Go. Imagens termográficas serão também obtidas para análise mais detalhada da temperatura do joelho com OA. Analise de dados: A normalidade dos dados será avaliada e testes paramétricos ou não paramétricos poderão ser utilizados. Será realizada a comparação entre as médias das variáveis dependentes. Os fatores independentes do estudo serão a crioterapia versus placebo e o fator de medidas repetidas pré- versus pós-intervenção. As possíveis correlações entre as variáveis dependentes do estudo de interesse também serão avaliadas. Palavras-chave: Fisioterapia, Osteoartrite, Terapia com gelo, Termoterapia, Analgesia, Hipotermia, Joelho. (AU)