Busca avançada
Ano de início
Entree

Parceiros do rio Atlântico: França e Brasil na construção de um mundo multipolar contemporâneo

Processo: 17/05847-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 02 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Rafael Antonio Duarte Villa
Beneficiário:Daniel Afonso da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Política externa   Europa   Brasil   França (país)

Resumo

O objetivo central da pesquisa envolve entender como a França e o Brasil, a partir de sua relação política e diplomática, vêm construindo mecanismos de atuação e entendimento no meio internacional de 1985 aos dias atuais. O fundamento da proposta reconhece que o fim do bloco soviético tornou anacrônica a expressão "terceiro mundo" e, com isso, França e Brasil alteraram a qualidade de sua relação. O Brasil deixou de ser para a França um grande país do "terceiro mundo" passando a ser compreendido como um parceiro importante na construção de um mundo efetivamente multilateral. O argumento principal da proposta percebe como imperativo analisar esses temas e problemas a partir de larga base empírica. Sem uma melhor reconstituição empírica do período, possíveis explicações teóricas perdem em substância e inteligibilidade. No sentido de, então, conferir maior inteligibilidade à globalidade da interação política e diplomática entre a França e o Brasil a partir de 1985, foram eleitos dez estudos casos - 1. Relação Tancredo-Mitterrand em 1985. 2. Impactos do fim do mundo soviético sobre a relação franco-brasileira. 3. Relação FHC-Chirac. 4. Os impactos do 11 de setembro de 2001 sobre a relação franco-brasileira. 5. Relação Lula-Chirac. 6. Impactos da crise financeira mundial sobre a relação franco-brasileira. 7. Relação Lula-Sarkozy. 8. Cooperação franco-brasileira em matéria de defesa. 9. Relação Dilma-Sarkozy. 10. O dossiê Raffale. (AU)