Busca avançada
Ano de início
Entree

Lógica da desintegração em Theodor W. Adorno: Dialética negativa como crítica da Ciência da lógica

Processo: 17/03781-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Pesquisador responsável:Luiz Sérgio Repa
Beneficiário:Renata Inarah Guerra Santos
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/11611-3 - Esfera pública e reconstrução: sobre a constituição de um paradigma reconstrutivo no campo da Teoria Crítica, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/15103-6 - Adorno contra Hegel: especulação e lógica da desintegração, BE.EP.DR
Assunto(s):Teoria crítica

Resumo

A pesquisa pretende reconstruir o sentido da dialética adorniana como lógica da desintegração (Logik des Zerfalls) a partir de uma investigação das críticas elaboradas na Dialética negativa às categorias da Ciência da lógica de G. W. F. Hegel. Defende-se a perspectiva segundo a qual a crítica imanente de Adorno à dialética idealista não abandona as principais categorias que põem em movimento o pensamento de Hegel, mas, sobretudo, pretende transformar o caráter idealista daquela dialética por meio de uma ênfase materialista que a reatualiza enquanto negativa. Parte-se da hipótese de que o sentido contemporâneo da dialética adorniana mobiliza, mediante as mesmas categorias da Ciência da lógica, porém em relações epistemológicas criticamente modificadas, um novo tipo de lógica: uma lógica da desintegração. Essa lógica encerraria, ao mesmo tempo, uma crítica à dialética idealista - de sua lógica da dominação conceitual, engendrada pela identidade absoluta da razão - e a posição de uma dialética negativa, comprometida com a desintegração entre sujeito e objeto, cujo intuito seria evidenciar o nexo entre teoria da sociedade e teoria do conhecimento, chave para a reconstrução do sentido da própria Dialética negativa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: