Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre o score de estresse e a variabilidade da pressão arterial a MAPA em estudantes de primeiro ano de medicina e de ciências biológicas

Processo: 17/05918-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Luis Cuadrado Martin
Beneficiário:Fernando Katsuo Takagi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Estudantes de medicina   Pessoal de saúde   Hipertensão   Pressão sanguínea   Estresse psicológico   Riscos ocupacionais   Medição de risco

Resumo

O objetivo do presente estudo é avaliar a associação entre o score de estresse e a variabilidade pressórica em estudantes de primeiro ano de medicina e ciências biológicas. Sabe-se que a prevalência de doenças cardiovasculares na população é muito grande, o que não é diferente na classe médica, representando nessa última a maior causa de óbitos entre profissionais médicos. Também é sabido que os profissionais da saúde, em especial os médicos, tem alta incidência de estresse durante a vida, desde o período pré-universitário e universitário, logo, sob o respaldo de estudos que apontam a relação entre a hipertensão arterial e o estresse, conjectura-se que médicos podem apresentar riscos cardiovasculares oriundos do estresse. Contudo, também é documentado na literatura a melhor eficiência da variabilidade pressórica como variável a ser utilizada no diagnóstico de hipertensão arterial. Dessa forma, esse estudo avaliará a variabilidade pressórica de 50 voluntários, sendo 25 de medicina e 25 de um grupo controle formado por estudantes de ciências biológicas, com seus respectivos scores de estresse mensurado a ISSL. (AU)