Busca avançada
Ano de início
Entree

Suavização de Resultados: Mensuração, Relevância e Incentivos

Processo: 17/14504-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Ciências Contábeis
Pesquisador responsável:Marcelo Botelho da Costa Moraes
Beneficiário:Marcelo Botelho da Costa Moraes
Anfitrião: Rodrigo dos Santos Verdi
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEARP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Massachusetts Institute of Technology (MIT), Estados Unidos  
Assunto(s):Gerenciamento de resultados   Contabilidade financeira

Resumo

No ambiente econômico, de escassez de recursos e alta competitividade, a assimetria da informação é um dos principais problemas existentes na tomada de decisão. Para reduzir essa assimetria informacional, a contabilidade possui papel fundamental, porém, a contribuição das demonstrações financeiras está associada a qualidade da informação contábil, especialmente a qualidade dos lucros reportados. Dessa maneira, existem incentivos para os gestores realizarem o gerenciamento de resultados, principalmente sob a forma dos accruals discricionários. Dentre as formas de gerenciamento de resultados a suavização dos lucros, também conhecida por income smoothing se destaca. As práticas de smoothing estão associadas aos objetivos de reduzir a volatilidade dos lucros, porém, não existe consenso sobre os efeitos destas práticas, se geram aumento ou redução da qualidade da informação contábil. Para analisar melhor este problema, o presente projeto de pesquisa apresenta algumas hipóteses de pesquisa que visam compreender melhor a mensuração, sob a forma do aperfeiçoamento das métricas de identificação do income smoothing, seu relacionamento com a qualidade da informação contábil e os incentivos associados às empresas, no sentido de buscar um maior ou menor nível de suavização. Para isso, a proposta busca a aplicação de modelos de regressão com dados em painel de empresas norte-americanas, em um ambiente com alta quantidade de firmas e variabilidade de incentivos, e empresas brasileiras, com recentes mudanças nas normas contábeis e poucos incentivos à qualidade da informação.