Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da obesidade na doença periodontal experimental induzida em ratos

Processo: 17/13851-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Joni Augusto Cirelli
Beneficiário:Maria Eduarda Scordamaia Lopes
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Inflamação   Obesidade   Periodontite   Doenças periodontais   Modelos animais de doenças

Resumo

Estudos têm sido conduzidos para avaliar a participação de diversos fatores sistêmicos na etiopatogenia das doenças periodontais. Porém, ainda não há na literatura um consenso sobre os efeitos da obesidade nestas doenças. O objetivo do presente estudo é avaliar in vivo o efeito da obesidade na progressão da periodontite experimental. Um total de 32 ratos serão distribuídos em 4 grupos experimentais: indução de obesidade (O); indução de doença periodontal experimental (P), indução de obesidade seguido de indução de doença periodontal experimental (OP) e grupo controle, sem intervenção (C). Os animais serão sacrificados após 21 dias do início da doença periodontal. A perda óssea alveolar será mensurada histologicamente por histometria. A proporção dos seguintes componentes teciduais: fibroblastos, células inflamatórias, vasos sanguíneos e outras estruturas será determinada histologicamente por estereometria. Além disso, será realizada análise histológica do tecido adiposo e fígado. Todos os dados obtidos serão avaliados, e então submetidos a um teste de normalidade. A partir disso, serão utilizados testes estatísticos apropriados para comparações entre os grupos. Em todos os procedimentos, será adotado um nível de significância de 5% para a tomada da decisão quanto à validade da hipótese testada. (AU)