Busca avançada
Ano de início
Entree

As métricas de biomonitoramento são robustas às variações temporais naturais em comunidades aquáticas?

Processo: 17/12138-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Victor Satoru Saito
Beneficiário:Nathalia Espinossi Stoppa
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/23111-6 - Avançando o biomonitoramento tropical: descrição detalhada da variação temporal das comunidades de Trichoptera, BE.EP.IC
Assunto(s):Ephemeroptera   Plecoptera   Trichoptera   Indicadores biológicos   Monitoramento biológico

Resumo

Métricas de biomonitoramento englobam medidas de riqueza, abundância, diversidade e proporção entre grupos taxonômicos. Dentre os grupos mais utilizados no biomonitoramento estão as comunidades de macroinvertebrados de riachos, que servem como sentinelas de possíveis impactos ambientais nos sistemas. O suporte científico para a utilização de tais comunidades como bioindicadoras é baseado principalmente em análises tipo "snapshot", ou seja, com apenas uma amostra no tempo. Dessa forma, foi pouco investigada a variação temporal natural de tais comunidades e como as métricas adjacentes podem variar no tempo. Com o objetivo de sanar tal lacuna, este projeto de iniciação científica analisará a variação temporal em comunidades de riachos tropicais, com o objetivo principal de selecionar métricas estáveis temporalmente. O aluno identificará os grupos taxonômicos bioindicadores Ephemeroptera, Plecoptera e Trichoptera e aplicará técnicas quantitativas para analisar a variabilidade temporal desses grupos e das métricas de biomonitoramento. Com os resultados obtidos, o aluno reportará o estudo na forma de artigo científico que poderá servir de apoio para uma possível aplicação por órgãos de fiscalização e monitoramento ambiental. (AU)