Busca avançada
Ano de início
Entree

Engenharia do metabolismo de tocoferol e seus efeitos em folhas e frutos de tomateiro

Processo: 17/14953-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica
Pesquisador responsável:Maria Magdalena Rossi
Beneficiário:Bruno Silvestre Lira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/01128-9 - Controle luminoso e hormonal da qualidade nutricional em Solanum lycopersicum, AP.TEM
Assunto(s):Vitamina E   Tomateiro   Tocoferóis   Metabolismo secundário

Resumo

Pelo seu alto consumo e composição bioquímica, o fruto tomate é uma importante fonte de compostos com atividade antioxidante, como carotenoides, ácido ascórbico (vitamina C) e tocoferóis (vitamina E, VTE). O nosso grupo de pesquisa é pioneiro no estudo do metabolismo de tocoferóis em tomateiro (Almeida et al. 2011). Além da sua importância nutricional, os tocoferóis são importantes constituintes da maquinaria fotossintética e são sintetizados nos plastídios (Almeida et al. 2016). Algumas etapas da biossíntese já foram identificadas como limitantes para o acúmulo de VTE por regularem a disponibilidade de precursores (Quadrana et al. 2013, Almeida et al. 2015). Ainda, evidências recentes demonstraram a importância da reciclagem do fitol proveniente da degradação de clorofila para o acúmulo de tocoferol em frutos maduros de tomateiro (Almeida et al. 2016, vom Dorp et al 2015). Resultados obtidos no contexto do Projeto Temático 2016/01128-9 demonstraram que a luz regula a biossíntese de VTE não apenas por meio da potencialização na biogênese e diferenciação plastidial (i.e. mais cloroplastos, mais tocoferol), mas também aumentando a disponibilidade de precursores durante o amadurecimento.Neste contexto, o presente projeto visa a obtenção de genótipos de tomateiro com maior conteúdo de tocoferol em frutos maduros sem impactar negativamente o acúmulo de outros compostos de importância nutricional (i.e. carotenoides), por meio da sobre-expressão de genes regulados transcricionalmente pela luz e limitantes para a biossíntese de VTE.