Busca avançada
Ano de início
Entree

Violação de Lorentz não-mínima em teorias de calibre e na gravitação

Processo: 17/13767-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 09 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 18 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Alysson Fábio Ferrari
Beneficiário:Alysson Fábio Ferrari
Anfitrião: Alan Kostelecky
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa : Indiana University, Estados Unidos  
Assunto(s):Teoria quântica de campos   Violação da simetria de Lorentz   Relatividade geral

Resumo

A busca por pequenos desvios da simetria de Lorentz, como uma possível janela para nova física em altíssimas energias, tem sido um campo muito ativo de pesquisa tanto experimental quanto teórica nas últimas décadas. O Modelo Padrão Extendido (MPE) é uma teoria efetiva que inclui no Modelo Padrão (MP) e na ação de Einstein-Hilbert todos os operadores que violam a simetria de Lorentz, preservando as demais simetrias dessas teorias, permitindo assim uma busca sistemática por efeitos em baixas energias devidos a essas violações de Lorentz (VL). Resultados experimentais negativos da busca dessas VL são então convertidos em limites experimentais muito rigorosos para esses operadores, o que significa vínculos experimentais sobre possíveis teorias de gravitação quântica que podem induzir essas VL. Os operadores VL no MPE podem ser divididos em duas classes: os mínimos são os dominantes por análise dimensional, possuindo dimensão de massa menor ou igual a quatro, e os não mínimos possuem dimensões de massa superiores, são subdominantes como perspectiva geral, mas eventualmente podem induzir efeitos em baixas energias que podem ser medidos. Nesta proposta de pesquisa, pretendemos estudar a geração perturbativa de operadores de VL não mínimos a partir de outros operadores de VL mais elementares, eventualmente mínimos. Este tipo de mecanismo, para o caso de operadores mínimos, já foi muito estudado na literatura, e é muitas vezes acometido de desafios técnicos como ambiguidades no cálculo de integrais de Feynman; contudo a geração de operadores de VL não mínimos ainda tem sido pouco estudada, particularmente no setor gravitacional do MPE. Portanto, propomos ajudar a preencher esse vazio de duas formas: extendendo resultados anteriores relativos à geração perturbativa de VL na física de áxions, e extendendo essa mesma análise a operadores não mínimos na gravitação.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NOGUEIRA, A. A.; PALECHOR, C.; FERRARI, A. F. Reduction of order and Fadeev-Jackiw formalism in generalized electrodynamics. Nuclear Physics B, v. 939, p. 372-390, FEB 2019. Citações Web of Science: 1.
BORGES, L. H. C.; BARONE, F. A.; FERRARI, A. F. The point-charge self-energy in a nonminimal Lorentz-violating Maxwell electrodynamics. EPL, v. 122, n. 3 MAY 2018. Citações Web of Science: 1.
FERRARI, A. F.; LEHUM, A. C. CP(N-1) model in aether-superspace. EPL, v. 122, n. 3 MAY 2018. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.