Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e comportamento de novilhas Angus-Nelore em sistemas integrados de produção agropecuária

Processo: 16/25385-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Cristiana Andrighetto
Beneficiário:Juliana Mara de Freitas Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Dracena. Dracena , SP, Brasil
Assunto(s):Ganho de peso   Cruzamento industrial   Pastejo

Resumo

Os sistemas integrados de produção agropecuária são utilizados para a recuperação de áreas degradadas, por meio do emprego de lavouras, tendo como finalidade a produção de grãos para amortizar, em parte os custos da recuperação das pastagens e o aproveitamento dos nutrientes residuais das lavouras para produção de forragem. Além da lavoura e da pastagem, utiliza-se o componente arbóreo. O uso de sistemas agrossilvipastoris apresenta efeitos benéficos, tais como a incorporação de nutrientes e o incremento da atividade microbiana do solo, a melhoria do conforto térmico para os animais e a possibilidade de aumento do valor nutritivo da forragem. O objetivo deste trabalho será avaliar as características da pastagem, o desempenho e o comportamento de novilhas cruzadas Angus-Nelore em sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF) com duas densidades de árvores (196 e 448 árvores de eucalipto por hectare) e integração lavoura-pecuária (iLP). O experimento será conduzido na APTA - Andradina, SP. Serão realizadas quatro coletas para o comportamento, uma no início e outra no final das estações do verão e do inverno, as avaliações serão realizadas por colheita instantânea e contínua com amostragem focal e intervalo amostral de 10 minutos, de forma direta, por períodos contínuos de 12 horas. Serão observados os seguintes comportamentos: pastejo, ruminação (em pé e deitado), ócio (em pé e ócio deitado), e outras atividades, que incluía: interação com outros animais, comportamento de beber água, ida ao cocho de suplemento, urinar e defecar, deslocamento e outros. No mesmo dia do comportamento serão avaliados os seguintes dados climáticos: temperatura de globo negro, temperatura e umidade relativa do ar, velocidade do vento, nas estações do inverno e verão. A partir destes serão calculados os seguintes índices de conforto térmico: índice de temperatura e umidade (ITU), índice de temperatura de globo e umidade, carga térmica radiante (CTR). Para a avaliação da forragem: massa seca total, composição morfológica da forragem, simulação de pastejo e desempenho animal ganho de peso diário, ganho de peso por área e taxa de lotação por área. O delineamento experimental será em blocos com 3 tratamentos e 4 repetições. Os dados serão submetidos às análises estatísticas utilizando o programa R para a execução das análises de variância e teste de Tukey ao nível de significância de 5%.