Busca avançada
Ano de início
Entree

Scaffolds de biovidro BG45S5 para reparo de danos do tecido ósseo

Processo: 17/12932-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Celso Aparecido Bertran
Beneficiário:Mariana de Oliveira Silva
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/02414-5 - Biomateriais absorvíveis e tópicos para a liberação localizada de óxido nítrico, AP.TEM
Assunto(s):Porosidade   Tecidos suporte   Biomateriais

Resumo

O biovidro 45S5 é um dos mais promissores materiais para reparo de danos no tecido ósseo, especialmente pela sua biocompatibilidade, bioatividade e osteoindutividade. Porém devido a reduzida janela de sinterização do BG 45S5, a maioria das tentativas de construir scaffolds deste biovidro com um bom compromisso entre a porosidade e propriedades mecânicas resulta na sua cristalização o que diminui as propriedades que o fazem um material tão promissor. Nesse projeto se propõem uma alternativa para produção de scaffolds de biovidro 45S5 sem que ocorra cristalização a partir do uso de partículas desse biovidro produzidas pela técnica de fusão e resfriamento associada ao método "fritas". As partículas serão aderidas por um filme de BG 45S5 sintetizado por sol gel juntamente com surfactante e peróxido de hidrogênio para a produção de poros (gel foaming technique). Filmes de biovidro produzidos por sol-gel consolidam sem cristalização a temperaturas menores que a Tg. A caracterização deste material por microscopia, teste mecânico, perfil de lixiviação e os testes in vitro e in vivo permitirá avaliar o scaffold, especialmente em relação a sua resposta biológica.