Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da temperatura ambiente sobre parâmetros comportamentais em modelo animal para a Doença de Alzheimer

Processo: 17/12648-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Carlos Alberto da Silva
Beneficiário:Talita Maria Senra Martins
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Estreptozotocina   Temperatura corporal   Regulação da temperatura corporal   Proteínas tau   Fosforilação   Neurofisiologia   Modelos animais de doenças

Resumo

A Doença de Alzheimer (DA) é uma doença neurodegenerativa que tem como um de seus primeiros sintomas a perda de memória recente, podendo evoluir para um grande declínio cognitivo. Ela pode ser dividida em dois tipos: familiar e esporádica. Em ambos casos, apresenta como um de seus principais marcadores histopatológicos os emaranhados neurofibrilares (NFTs) da proteína Tau hiperfosforilada. Alguns modelos em animais foram desenvolvidos para o estudo da DA, dentre eles, a injeção intracerebroventricular (icv) de estreptozotocina (STZ), já está bem estabelecido na literatura como modelo para a forma esporádica da doença. Alguns fatores externos também podem regular os níveis de fosforilação da Tau, como a temperatura, tendo em vista que a diminuição da temperatura pode levar ao aumento da fosforilação da proteína Tau. Dessa forma, esse estudo pretende investigar o efeito da temperatura ambiente sobre os parâmetros comportamentais em modelo animal para a forma mais prevalente (forma esporádica) da DA. Para isso, os animais serão tratados com injeções icv de STZ e serão aclimatados em temperatura subneutra (22ºC) ou neutra (28ºC). Para a avaliação do comportamento, serão feitos os testes do Labirinto de Barnes e a Interação Social e para a avaliação do efeito da temperatura serão feitos os testes de: Seleção da temperatura ambiente de preferência e Termografia de infravermelho, além das medidas da temperatura corporal. Nossa hipótese é de que, como a temperatura apresenta um efeito na fosforilação da tau, a diminuição da temperatura ambiente pode levar a um aumento no nível de fosforilação da Tau, causando maior comprometimento cognitivo nos animais expostos a temperatura subneutra. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MOREIRA-SILVA, DANIEL; VIZIN, ROBSON C. L.; MARTINS, TALITA M. S.; FERREIRA, TATIANA L.; ALMEIDA, MARIA C.; CARRETTIERO, DANIEL C. Intracerebral Injection of Streptozotocin to Model Alzheimer Disease in Rats. BIO-PROTOCOL, v. 9, n. 20 OCT 20 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.