Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e avaliação de biomateriais associados a proteínas da matriz extracelular para a regeneração do tecido pulpar

Processo: 17/14210-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Carlos Alberto de Souza Costa
Beneficiário:Maria Luísa de Alencar e Silva Leite
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/14965-4 - Síntese, caracterização e avaliação biológica de um scaffold poroso de quitosana associado a uma fase mineral para regeneração do complexo dentino-pulpar, BE.EP.DR
Assunto(s):Engenharia tecidual   Regeneração tecidual guiada periodontal   Tecido pulpar   Tecidos suporte   Células-tronco da polpa dentária   Papila dentária   Proteínas de matriz extracelulares   Hidrogéis

Resumo

O objetivo deste estudo será desenvolver scaffolds de nanofibras e hidrogel experimentais contendo proteínas da matriz extracelular, capazes de participar efetivamente do processo regenerativo do tecido pulpar, através da bioestimulação de células tronco da papila dental humana (SCAPs). Inicialmente, no estudo 1, será determinada a concentração ótima de proteínas da matriz extracelular (fibronectina, laminina e colágeno I) que apresente bioatividade sobre células SCAPs de acordo com os seguintes parâmetros: viabilidade e proliferação celular; adesão e espalhamento celular; migração celular; expressão de genes específicos; e síntese de colágeno. Em sequência, no estudo 2, diferentes formulações de scaffolds a base de poli([-caprolactona) com disposição paralela e aleatória das nanofibras serão testadas, sendo avaliada a topografia de superfície dos scaffolds, sua resistência a degradação, bem como seu potencial na indução da proliferação, adesão e espalhamento celular. Após seleção da melhor formulação dos scaffolds com disposição paralela e aleatória das nanofibras, seu efeito biológico associado a proteínas da matriz extracelular, com base nos resultados do estudo 1, será testado. No estudo 3, diferentes formulações de um hidrogel a base de gelatina serão testadas, sendo avaliada suas características de manipulação, bem como seu potencial na indução da viabilidade, proliferação, adesão e espalhamento celular. Após seleção da melhor formulação do hidrogel, seu efeito biológico associado a proteínas da matriz extracelular, com base nos resultados do estudo 1, será avaliado. Por fim, no estudo 4, os biomateriais formulados (scaffold de nanofibras e hidrogel) serão avaliados em modelo in vitro de regeneração pulpar, onde raízes de dentes humanos serão adaptadas em câmaras pulpares artificiais de perfusão, em um modelo de cultura dinâmico e de pressão intra-pulpar. Análises histológica e imunohistoquímica serão realizadas, sendo avaliada a morfologia tecidual e expressão de marcadores de síntese de colágeno e de diferenciação odontoblástica ao longo do canal radicular. Os dados numéricos, obtidos através da aplicação dos protocolos laboratoriais, serão submetidos à análise estatística específica. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.