Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da modulação autonômica e parâmetros cardiorrespiratórios em resposta à mudança postural na Distrofia Muscular de Duchenne

Processo: 17/13683-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Marques Vanderlei
Beneficiário:Mariana Viana Rodrigues
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema nervoso autônomo   Postura   Distrofia muscular de Duchenne   Frequência cardíaca   Fisioterapia

Resumo

Indivíduos com Distrofia Muscular de Duchenne (DMD) possuem diversas alterações, frequentemente acompanhadas de vestígios que remetem à desequilíbrios na modulação autonômica. Porém, a busca bibliográfica não encontrou na literatura estudos que abordassem o comportamento da mesma frente às situações do dia a dia, como a mudança postural. Objetivo: Analisar o comportamento da modulação autonômica e os parâmetros cardiorrespiratórios em resposta a mudança postural em indivíduos com DMD. Métodos: Estudo transversal com 64 adolescentes, entre 11 e 18 anos, divididos em dois grupos com 32 indivíduos cada: Grupo DMD e grupo controle com indivíduos saudáveis. Os indivíduos serão submetidos ao teste autonômico de mudança postural, que consistirá em 20 minutos na posição supina, seguido da mudança para posição sentada, mesmo com auxilio, por mais cinco minutos. Durante todo o teste a frequência cardíaca será coletada por um cardiofrequencímetro para posterior análise. Além disso, antes e após a realização do teste serão mensurados os parâmetros cardiorrespiratórios. Os índices de variabilidade da frequência cardíaca serão analisados por meio de métodos lineares nos domínios do tempo (pNN50, SDNN e RMSSD), da frequência (LF, HF e LF/HF) e por métodos não lineares (plot de Poincaré). Os dados pessoais serão coletados e haverá a aplicação das escalas Vignos, Egen Klassification e Motor Function Measure para o grupo DMD com a finalidade de avaliar a funcionalidade. Para análise dos dados será utilizada a análise de variância múltipla (MANOVA), que irá considerar os fatores 2 (grupos: DMD e controle) por 2 (momentos: pré e pós mudança postural) com medidas repetidas para o fator "momentos". As diferenças serão explicadas pelo teste de post hoc de Tukey. A significância adotada será de 5% e o software utilizado será o SPSS 20.0. (AU)