Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da eficiência de um sistema de baixo custo de tratamento de água residuária para fins de reuso agrícola em comunidades rurais e populações tradicionais

Processo: 17/14729-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Rodrigo Maximo Sanchez Roman
Beneficiário:Tamires Lima da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Qualidade da água   Saneamento rural   Irrigação

Resumo

Introdução: Segundo Censo/IBGE (2010) aproximadamente 1,7 milhões de pessoas residem em localidades rurais no estado de São Paulo. Dados do Instituto Florestal Paulista mostram que em 73% das Unidades de Conservação restritivas existem populações tradicionais. A Lei Nº 11.445/2007 que estabelece diretrizes para o saneamento básico definiu entre seus objetivos: "proporcionar condições adequadas de salubridade ambiental aos povos indígenas e outras populações tradicionais, populações rurais e de pequenos núcleos urbanos isolados, utilizando soluções compatíveis com suas características socioculturais". O tratamento de águas residuárias para fins agrícolas reduz a descarga de poluentes em corpos receptores o que causa a diminuição dos custos associados à poluição, contribui para a proteção do meio ambiente e da saúde pública. Objetivo: Avaliar a eficiência de um sistema de baixo custo de tratamento de agua residuária composto por leito biológico filtrante e reator de desinfecção solar (SODIS), ambos, modelos desenvolvidos por Queluz e Sánchez-Román (2014) para fins de reuso agrícola em comunidades rurais e populações tradicionais. Material e métodos: O sistema contará com 3 (três) leitos filtrantes, idênticos, que serão ligados, separadamente, aos reatores de desinfecção solar (SODIS) onde serão testadas três lâminas de efluente (10, 15 e 20 cm). O comportamento deste sistema será avaliado a cada 10 dias durante o período de 6 meses. A viabilidade para reuso agrícola será determinada utilizando os padrões de qualidade recomendados pela Organização Mundial de Saúde (WHO, 2006).

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Tamires Lima da. Análise da eficiência de um sistema de baixo custo de tratamento de água residuária para fins de reúso agrícola em comunidades rurais e populações tradicionais. 2019. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agronômicas (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.