Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da laserterapia e do ultrassom terapêutico na expressão proteica de isoformas de cadeia pesada de miosina durante o reparo do músculo esquelético de ratos

Processo: 17/06461-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Agnelo Neves Alves
Beneficiário:Weslley Wallace de Alcântara Araujo Amorim
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Músculo esquelético   Plasticidade muscular   Regeneração muscular   Terapia a laser de baixa intensidade   Terapia por ultrassom

Resumo

As lesões musculares representam um dos principais quadros clínicos encontrados no centro de reabilitação. Entre os principais recursos terapêuticos utilizados nas clinicas de fisioterapia para o tratamento de lesões muscular são o laser de baixa potência (LBP) e o ultrassom terapêutico (UST). Ambos os recursos têm apresentado bons resultados no que diz respeito à modulação do processo de reparo muscular, porém ainda não há descrição na literatura de como poderia influenciar a determinação do fenótipo das fibras neoformadas quanto ao tipo de cadeia pesada de miosina (CPM) expressa. Além disso, existe a necessidade de determinar os mecanismos moleculares envolvidos, assim como, a metodologia e os parâmetros dosimétricos adequados. O objetivo da presente proposta será avaliar os efeitos da irradiação LBP e do UST sobre a expressão proteica das isoformas de CPM durante o processo de reparo do músculo esquelético de ratos. Serão utilizados ratos Wistar, divididos em 04 grupos: (1) Controle; (2) Criolesionados sem tratamento; (3) Criolesionados e tratados com LBP e (4) Criolesionados e tratados com UST. Os períodos de análise serão 3, 7 e 14 dias. A criolesão consistirá de duas aplicações de bastão resfriado em nitrogênio líquido diretamente no músculo tibial anterior (TA). Para o tratamento com LBP será utilizado o equipamento da MMoptics AsGaAl (» 780nm) utilizando densidade de energia de 10 J/cm², potência de 40 mW e tempo de 10 segundos. Já o tratamento com UST será utilizando o equipamento Sonomaster® utilizando a frequência de 1 MHz, intensidade de 0,4 W/cm2, modo pulsado a 1:4 ciclos, aplicação estacionária durante 3 minutos. Para a análise da expressão proteica será utilizado a técnica de Western Blotting utilizando anticorpos para os marcadores CPM do tipo I e II. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, DANIELLE DE LIMA; ALVES, AGNELO NEVES; GUIMARAES, BEATRIZ RIBEIRO; DE ALCANTARA ARAUJO AMORIM, WESLLEY WALLACE; BUSSADORI, SANDRA KALIL; SANTOS FERNANDES, KRISTIANNE PORTA; MESQUITA-FERRARI, RAQUEL AGNELLI. Effect of prior application with and without post-injury treatment with low-level laser on the modulation of key proteins in the muscle repair process. Lasers in Medical Science, v. 33, n. 6, p. 1207-1213, AUG 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.