Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das alterações renais em bezerros experimentalmente infectados por Babesia spp e submetidos ao tratamento com Dipropionato de Imidocarb

Processo: 17/07467-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Rafael Paranhos de Mendonça
Beneficiário:Maria Fernanda da Silva
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Babesiose   Babesia   Inoculação   Bezerros

Resumo

A tristeza parasitária bovina é um complexo de duas hemoparasitoses distintas, com os sinais clínicos e epidemiologia similares, transmitidas principalmente, pelo carrapato Rhipicephalus (Boophillus) microplus. Faz parte desse complexo, a babesiose causada principalmente pelas Babesia bigemina, Babesia bovis e a Anaplasmose causada pela Anaplasma marginale. Porém, a B. bigemina e B. bovis podem ocorrer isoladamente e mesmo assim causam perdas produtivas e morte de animais, pois causam alterações nos parâmetros renais, hepáticos e hematológicos. Neste contexto, o presente estudo irá analisar as alterações renais em bezerros experimentalmente infectados por B. bigemina e B. bovis e posteriormente analisar os efeitos do tratamento do Dipropionato de Imidocarb em bezerros clinicamente acometidos pelas babesioses. Para isto, serão selecionados seis bovinos machos saudáveis, comprovadamente livres da infecção por hemoparasitos. Os seis animais serão propositalmente infectados com a B. bigemina e B. bovis, e as alterações clínicas e séricas a nível renal decorrentes da inoculação do agente, serão avaliadas antes e após a inoculação por meio de exames físicos, hematológicos, bioquímicos e urinários. Após comprovação da parasitemia, todos os seis bovinos serão tratados com o Dipripionato de Imidocarb pela via intramuscular, na dose de 1,2mg/kg, para avaliação da eficácia e alterações bioquímicas renais decorrentes da aplicação da droga, com isto, busca-se a melhora clinica, retorno dos padrões fisiológicos renais e a comprovação da eficácia do Imidocarb. Para as análises estatísticas da avaliação crítica em que cada animal é seu próprio controle, será utilizado um nível de significância de p < 0,05. (AU)