Busca avançada
Ano de início
Entree

Irrigação deficitária como alternativa de manejo para aumento da produtividade de cultivares de cana-de-açúcar: efeito na quarta soca

Processo: 17/16811-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Pesquisador responsável:Alexandre Barcellos Dalri
Beneficiário:Romeu Conti Ramos da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Irrigação   Escassez de água   Manejo e tratos culturais   Produção agrícola

Resumo

A cultura da cana-de-açúcar é de extrema importância para o agronegócio brasileiro. É cultivada em todo território nacional, sendo o Brasil o maior produtor mundial. Embora a cana-de-açúcar está adaptada às condições de elevada temperatura e relativa escassez de água, estudos indicam que o teor de água no solo é a principal restrição para manutenção e aumento da produtividade e que cultivares de cana-de-açúcar apresentam diferentes respostas ao déficit de água no solo e ao manejo da irrigação. A interação genótipo versus ambiente é uma importante fonte de variação no rendimento na cana-de-açúcar. Estudos realizados afirmam que há cultivares que representam maior potencial produtivo em condições irrigadas. O manejo de irrigação sob condição de escassez de água poderá se tornar uma prática comum, nas próximas décadas, devido principalmente à escassez de água e ampliação da área irrigada. A irrigação com déficit é definida como a aplicação de água abaixo dos requisitos exigidos pela cultura sendo uma importante técnica de manejo para a agricultura irrigada a qual visa aumentar a eficiência do uso da água. Portanto, o objetivo principal da presente proposta será avaliar o desenvolvimento, produção e qualidade tecnológica de cultivares da cana-de-açúcar no quarto ano de cultivo em condição de sequeiro e sob irrigação deficitária. O presente ensaio será instalado na área experimental da FCAV, UNESP. Neste local é cultivado as cinco variedades de cana-de-açúcar utilizadas nessa proposta. O sistema de irrigação utilizado será o gotejamento, os quais estão enterrados sob a linha de plantio. A irrigação deficitária será realizada sempre que ocorrer um déficit hídrico acumulado da cultura de 20 mm. Para avaliar a resposta da cultura aos tratamentos, serão analisados parâmetros biométricos, qualidades tecnológicas e produtividade. Neste estudo serão analisadas cinco cultivares de cana-de-açúcar, as quais são: CTC 4, IACSP93-3046, RB86-7515, IACSP95-5000 e a IAC91-1099. O experimento constituirá de dois fatores: irrigado (I) e não irrigado (NI), com 12 repetições. Esses fatores serão alocados nas parcelas e as variedades serão alocadas nas subparcelas. O delineamento experimental será em blocos incompletos balanceados (BIB) com três variedades por parcela. (AU)