Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de hidrogéis supramoleculares injetáveis baseados em péptidos RGD modificados

Processo: 17/11060-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Watson Loh
Beneficiário:Luanda Chaves Vieira Lins
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/25406-5 - Organizando a matéria: colóides formados por associação de surfactantes, polímeros e nanopartículas, AP.TEM
Assunto(s):Biomateriais   Hidrogéis   Tecidos suporte

Resumo

A engenharia de tecidos é um campo interdisciplinar e emergente que aplica princípios químicos e biológicos para combater a perda de tecido através de um andaime no qual mimetiza as propriedades do tecido perdido. Um suporte celular injetável pode ser um hidrogel inchado de água, e sua propriedades sólido-líquido têm atraído o interesse dos laboratórios acadêmicos e industriais. Graças à sua boa viscoelasticidade, alto teor de água e biocompatibilidade, os hidrogéis são bons candidatos para aplicações biomédicas, tais como engenharia de tecidos, cartilagem artificial, vasos e articulações protéticas, etc. O suporte celular injetável para engenharia de tecidos deve ter propriedades físicas que permitam a sua injeção através de uma seringa. Entretanto, quando implantado no corpo, o hidrogel deve manter a forma desejada de um local específico no qual foi implantado, sem difusão ou movimento, adquirindo propriedades mecânicas mais significativas, ou seja, sólido ou gel-rígido. Isto significa que uma solução líquida é injetada e deve formar um sólido in situ. O suporte celular à base de agarose é um exemplo típico que sofre uma transição sol-gel através de reticulação física. Contudo, o desenvolvimento de hidrogéis de agarose para o crescimento celular e regeneração de tecidos pode não ser adequado devido a sua pobre interação celular. Assim, é necessária uma estratégia alternativa capaz de melhorar a adesão e a viabilidade das células estaminais no hidrogel. Agarose e peptídeos funcionalizados com dímeros podem ser facilmente conjugados para explorar novas combinações de materiais com ótimas propriedades biológicas. Os dímeros io homo-complementar (UPy) e hetero-complementar de oligoamidas simétricas e assimétricas (SOA-AOA) serão investigadas sistematicamente. Esta é uma abordagem modular baseada na construção de conjugados supramoleculares para formar andaimes de hidrogel com propriedades adaptáveis. Neste projeto, propomos um novo biomaterial baseado na formação in situ de hidrogéis supramoleculares termossensíveis para o liberação de células-tronco mesenquimais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIVI, SEBASTIEN; LINS, LUANDA C.; CAPELETTI, LARISSA B.; CHARDIN, CHARLINE; HALAWANI, NOUR; BAUDOUX, JEROME; CARDOSO, MATEUS B. Antibacterial surface based on new epoxy-amine networks from ionic liquid monomers. EUROPEAN POLYMER JOURNAL, v. 116, p. 56-64, JUL 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.