Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização microestrutural da brasagem a vácuo nas junções metal-cerâmica de h-BN com o Mo e a liga Kovar

Processo: 17/10464-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Conrado Ramos Moreira Afonso
Beneficiário:José Francisco Caldeira Maranho
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/05987-8 - Processamento e caracterização de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas, AP.TEM
Assunto(s):Caracterização microestrutural   Brasagem   Molhabilidade   Ligas metálicas   Ligas metalo-cerâmicas

Resumo

Atualmente, além do alto custo de utilizar Ag como elemento de liga, o Ti atua como elemento de ativação para promover as reações de interface na região da junta brasada nas ligas de adição comercialmente, i.e. Ticusil® (Ag-Cu-4,5Ti). Tecnologicamente, há a necessidade de produzir-se juntas brasadas de h-BN/Kovar e h-BN/Mo em escala de laboratório para a caracterização mecânica e microestrutural, de forma a comparar o desempenho das ligas produzidas com a liga comercial atualmente. As ligas amorfas, basicamente são formadas em eutéticos profundos, mais precisamente em composições próximas à eutética, em ligas multicomponentes (3 ou mais elementos). Recentemente, sistemas binários formadores de ligas vítreas, como o sistema Cu-Zr e o Ni-Nb mostraram a formação de vidros metálicos maciços (BMG - "bulk metallic glasses") com diâmetro, Ø = 1 mm (cilíndros em fundição em molde de cobre). As ligas vítreas apresentam Tg antes da temperatura de cristalização, Tx (K), formando o intervalo de líquido super-resfriado, DTx = Tx - Tg, que quanto mais amplo, leva a maior tendência em formar fase vítrea, TFV (GFA - "glass forming ability"), e através de taxas de resfriamento de 1 a 103 K/s. O primeiro objetivo deste trabalho é desenvolver uma nova rota de fabricação de ligas de adição para brasagem utilizando amorfização de ligas dos sistemas binários Cu-Zr e Ni-Nb, que contribuam para o aumento da molhabilidade superficial do h-BN durante o processo de brasagem à vácuo, como alternativa ao uso de ligas comerciais do sistema eutético Ag-Cu. Esta pesquisa estará também associada a um Projeto Temático da FAPESP (Nº: 2013/05987-8) e PIPE FAPESP 2015/50110-2 do qual o responsável compartilha o Laboratório de Ligas Metálicas Amorfas e Nanocristalinas, e com o intuito de estabelecer esta linha de pesquisa no DEMa/UFSCar. (AU)