Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de diferentes métodos de envelhecimento artificial na durabilidade da força de adesão entre a zircônia tratada com laser e um cimento resinoso

Processo: 17/17808-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 30 de outubro de 2017
Vigência (Término): 29 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Ana Cecília Corrêa Aranha
Beneficiário:Stephanie Assimakopoulos Garófalo
Supervisor no Exterior: Marcella Esteves Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa: RWTH Aachen University, Alemanha  
Vinculado à bolsa:16/20935-2 - Avaliação da resistência de união imediata e a longo prazo da superfície de zircônia após o tratamento com laser de pulsos ultracurtos, BP.DD
Assunto(s):Adesão   Tratamento de superfícies   Zircônia   Lasers de pulsos ultracurtos   Cimentos de resina

Resumo

O tratamento de superfícies de zircônia com irradiação com laser de pulso ultra-curto tem mostrado uma adesão de curto prazo significativamente melhor a um cimento resinoso dual do que outros métodos disponíveis. Embora os resultados para este método de condicionamento sejam bastante promissores, estudos adicionais com avaliação a longo prazo desta adesão são necessários para provar sua durabilidade. Portanto, os objetivos deste estudo serão avaliar o efeito de diferentes condições de envelhecimento na força de ligação à microtração a longo prazo da zircônia tratada com laser de pulso ultra-curto a um cimento resinoso dual. Cinquenta blocos de 10x10x5 mm3 serão cortados e polidos (400 a 1200 discos de carboneto de silício) a partir do material cerâmico reforçado com zircônia. As amostras serão então irradiadas por um laser de picossegundo (Yb: YAG, 9W, 800kHz, 6ps por pulso). Cada bloco de cerâmica será duplicado em resina composta, e um agente silano será então aplicado aos blocos. Os blocos de cerâmica e resina composta serão então unidos como pares usando um cimento resinoso sob uma carga de 15N por 10 Min. Serão então polimerizados à luz. Doze a catorze barras de aproximadamente 1,0 mm2 em seção transversal serão obtidas a partir de cada metade de um bloco. As fatias periféricas serão desconsideradas. Depois disso, os blocos serão distribuídos aleatoriamente em cinco grupos (n = 10): Controle negativo (NC), ciclo térmico com 10.000 ciclos - controle positivo (T10), ciclo térmico com 20.000 ciclos (T20), armazenamento de água por 6 meses (WS) e ciclo térmico e mecânico (TM). Para o teste de microtração, será determinada uma tensão de 100N e uma velocidade de carga de 0,5 mm/min até a falha. Os dados obtidos na microtração serão analisados estatisticamente para testar as hipóteses do estudo. A distribuição normal dos dados será testada usando o teste de Kolmogorov-Smirnov (0,05) e no caso ser confirmada, a análise de variância (ANOVA) e as comparações pós-hoc por meio do teste de Tukey serão realizadas. Se a hipótese de distribuição normal for rejeitada, os testes não-paramétricos serão usados para as comparações entre grupos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GAROFALO, STEPHANIE ASSIMAKOPOULOS; WEHNER, MARTIN; DOHRN, ANDREAS; BILANDZIC, MARIN DEAN; ROOS, CHRISTIAN; WIERICHS, RICHARD JOHANNES; MEYER-LUECKEL, HENDRIK; ARANHA, ANA CECILIA CORREA; ESTEVES-OLIVEIRA, MARCELLA. Increasing dental zirconia micro-retentive aspect through ultra-short pulsed laser microstructuring: study on flexural strength and crystal phase characterization. CLINICAL ORAL INVESTIGATIONS, AUG 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.