Busca avançada
Ano de início
Entree

Interferências sonoras: um estudo sobre criação musical na livre improvisação a partir de materiais (des)(re)territorializados

Processo: 17/09285-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Rogério Luiz Moraes Costa
Beneficiário:Miguel Eduardo Diaz Antar
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sonologia   Composição musical   Improvisação (música)   Brasil   Paraguai

Resumo

Em nossa pesquisa, partimos do entendimento de que a interferência acontece numa zona de atrito, movimento e criação. Sob essa perspectiva, desenvolvemos um estudo sobre criação musical a partir das interferências entre materiais (des)(re)territorializados, postos em jogo no contexto da livre improvisação. Tais materiais serão obtidos no repertório musical compartilhado entre Paraguai e Brasil, onde identificamos como denominador comum o uso de materiais musicais decantados na forma de folclore e manifestações populares da região fronteiriça entre ambos países. A cultura e o idioma guaranis em interferência nas músicas da região fronteiriça entre esses países se apresentam como elementos exemplares para uma pesquisa intercultural. A partir da análise de um repertório musical compartilhado entre ambos países, buscamos delinear estruturas rítmicas e fraseológicas, além de fragmentos de melodias que serão utilizadas na elaboração de propostas interativas para a criação musical em grupo. Assim, o foco da pesquisa é o estudo de materiais musicais compartilhados no repertório de tradição popular fronteiriço com o objetivo de serem acionados em processos de criação musical da livre improvisação. Para a exploração das propostas recorremos ao grupo laboratório vinculado à nossa pesquisa, a Orquestra Errante. Como parte dos resultados previstos estão, além da reflexão teórica sobre os materiais e os processos de criação, a elaboração de performances a serem apresentadas pelo grupo dentro e fora da universidade. (AU)