Busca avançada
Ano de início
Entree

Comparação entre dois métodos de mensuração de força muscular cervical

Processo: 17/20711-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Débora Bevilaqua Grossi
Beneficiário:Tais de Souza Martins
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/18031-5 - Estudo da associação de aspectos clínicos, funcionais e de neuroimagem em mulheres com migrânea, AP.TEM
Assunto(s):Enxaqueca sem aura   Coluna vertebral   Transtornos de enxaqueca   Força muscular   Fisioterapia

Resumo

Apesar das evidências de que indivíduos com migrânea apresentam disfunções musculoesqueléticas cervicais e que, de acordo com os mecanismos de sensibilização central e a convergência trigeminocervical, essas alterações podem promover um prejuízo na atividade muscular e no controle motor da coluna cervical, não há disponível na literatura investigações consistentes acerca desse assunto. O objetivo deste estudo será comparar dois métodos de mensuração de força muscular cervical: o Multi Cervical Rehabilitation Unit (MCU) e o dinamômetro de pressão. Serão considerados 30 indivíduos divididos em 2 grupos: migrânea e grupo controle, sem migrânea, e mensurada a força muscular cervical em flexão, extensão e inclinação lateral direita e esquerda. Espera-se que a medida entre os dois métodos seja reprodutível, uma vez que um dos métodos apresenta menor custo e melhor aplicabilidade na prática clínica. (AU)