Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade e resistência radiação UV de leveduras de solo de recuo de geleira da Antártica

Processo: 17/14216-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Lara Durães Sette
Beneficiário:Gabriele Santana de Farias
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Raios ultravioleta   Leveduras   Extremófilos   Antártica

Resumo

A Antártica é marcada pela predominância de características extremas como: clima, hábitats e biogeografia. A vida presente no continente é singular devido às condições a que estão expostas, sob as quais tiveram que se adaptar, desenvolvendo mecanismos que refletem todas as adversidades presentes no ambiente. Atualmente com as mudanças climáticas, o continente Antártico vem apresentando perturbações geográficas, especialmente notáveis na geleira Collins, situada na Ilha Rei George. Com o movimento de retração da geleira, a vida microbiana está sendo exposta, abrindo um grande leque de possibilidades científicas. O presente trabalho é parte dos projetos FAPESP 2013/19486-0 e PROANTAR/CNPq MICROSFERA e tem como objetivo principal conhecer a diversidade de leveduras de diversas amostras de solo de recuo da geleira Collins (Península Fildes, Ilha Rei George). Em adição, serão realizados estudos sobre a resistência dos isolados à radiação ultravioleta (UV). A condução do presente estudo pode resultar na descoberta de novas espécies e inovações biotecnológicas no âmbito da resistência à radiação ultravioleta. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.