Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da endogamia sobre a uniformidade de progênie de touros Nelore

Processo: 17/10103-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 26 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:José Bento Sterman Ferraz
Beneficiário:Bruna Folegatti Santana
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/07566-2 - Genômica aplicada à produção de ruminantes, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):18/09209-3 - Relação entre padrões de corridas de homozigosidade e uniformidade de progênie de bovinos Nelore, BE.EP.MS
Assunto(s):Endogamia   Gado Nelore   Genômica

Resumo

A uniformidade de um rebanho é influenciada por fatores ambientais e genéticos. Os fatores ambientais mais comuns são o sistema de manejo, alimentação, clima, entre outros, os quais devem ser considerados em modelagem estatística, a fim de distinguir os fatores genéticos que afetam a variância fenotípica. A endogamia é uma prática comum entre criadores de raças puras, visando assegurar uniformidade racial e fixação de características peculiares a certas linhagens de touros famosos. Este estudo visa identificar efeitos da endogamia sobre a uniformidade de progênie em bovinos da raça Nelore. Serão utilizados dados provenientes de participantes de programas de avaliação genética da Fazendo Mundo Novo e do Programa CFM, localizadas nas regiões sudeste e centro-oeste do Brasil. O banco de dados é composto de aproximadamente 500.000 animais com 15 fenótipos mensurados e cerca de 600.000 animais no arquivo de pedigree. A organização e a preparação dos dados serão realizadas com o auxílio do programa R e do programa gerenciador de banco de dados VisualFox Pro®. Para o cálculo da endogamia a partir das informações de pedigree será utilizado o software CFC. Os parâmetros genéticos serão preditos utilizando-se o método de máxima verossimilhança restrita (REML) por meio do software Wombat. Para a estimação dos coeficientes de endogamia por corridas de homozigosidade (ROH) serão utilizadas informações genotípicas de aproximadamente 4.000 animais da raça Nelore, desses rebanhos, previamente genotipados com chip Illumina®BovineHD Beadchip assay e GeneSeek GGP Indicus LD e HD de acordo com o protocolo das empresas, os chips GeneSeek GGP indicus LD serão imputados via software FIMPUTe para o nível de HD. As ROH serão detectadas com o software PLINK v.1.07.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.