Busca avançada
Ano de início
Entree

Geopolítica ibérica e a medida do mundo: o papel da Espanha na missão geodésica de Quito (1735 e 1746)

Processo: 17/20901-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História das Ciências
Pesquisador responsável:Denise Aparecida Soares de Moura
Beneficiário:Patricia dos Santos de Carvalho
Supervisor no Exterior: Pedro Guibovich Perez
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca , SP, Brasil
Local de pesquisa : Pontificia Universidad Católica del Perú (PUCP), Peru  
Vinculado à bolsa:17/08245-3 - Geopolítica ibérica e a medida do mundo: o papel da Espanha na missão geodésica de Quito (1735 e 1746), BP.IC
Assunto(s):Diplomacia   Quito

Resumo

Este é um trabalho de investigação sobre a participação da Espanha na missãogeodésica organizada pela L' Académie Royal de Science de Paris em 1735 para medira distância de um arco de meridiano e determinar a consequente forma da Terra. Ostrabalhos desta missão científica ocorreram a partir de Quito, antigo vice-reinado doPeru. Na esfera ibérica o saber científico, especialmente o de caráter geográfico, foialém da ciência e se assimilou às disputas por soberania territorial entre as duas Coroas.Almejando legitimar suas posses territoriais na América pela ciência, Portugal enviouem 1729 ao Brasil uma missão de Padres Matemáticos para realizar medições delongitude e elaborar mapas, o que pode ter estimulado a França, que se colocava nacondição de árbitro dos conflitos territoriais ibéricos, a organizar a missão geodésica deQuito e mesmo o tipo de atuação dos marinheiros de Espanha, Jorge Juan e Antonio deUlloa, nos trabalhos de medição. Importa-nos aqui pensar a relação do vice-rei JoséAntonio Mendoza com os cientistas espanhois e com toda a missão em si, analizandopossíveis controvérsias e suportes fornecidos pelo governo vice-reinal à expedição, bemcomo supostos atritos do governo com os integrantes da missão, em especial com oscientistas espanhois.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.