Busca avançada
Ano de início
Entree

Líquidos iônicos como extratores verdes para obtenção de carotenóides da casca de laranja e sua caracterização

Processo: 17/20861-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 20 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 19 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Veridiana Vera de Rosso
Beneficiário:Daniella Carisa Murador
Supervisor no Exterior: Daniele Giuffrida
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Messina, Itália  
Vinculado à bolsa:15/26789-5 - Líquidos iônicos como extratores verdes para obtenção de carotenóides da casca de laranja, BP.DR
Assunto(s):Líquidos iônicos   Laranja   Compostos bioativos   Ésteres   Xantofilas   Carotenoides   Citrus sinensis

Resumo

A laranja está entre as frutas mais produzidas e consumidas no mundo, e o Brasil é responsável por cerca de 50% da produção mundial de suco de laranja. A elevada produção de suco de laranja implica na geração de grandes quantidades de resíduos, sendo a casca o principal subproduto gerado e subutilizado. Porém, as frutas cítricas, em especial a laranja, são geralmente consideradas uma fonte natural complexa de carotenoides, sendo que seu subproduto da casca também pode representar uma fonte interessante deste composto antioxidante. Além disso, os carotenoides da casca de laranja podem ser usados como substitutos aos pigmentos artificias na indústria de alimentos. Desta forma, é de grande importância caracterizar a composição nativa de carotenoides desta matriz, incluindo os ésteres de carotenoides. Outro ponto importante a ser considerado, está relacionado ao processo de extração destes compostos, que normalmente é feito utilizando solventes orgânicos convencionais (SOCs). No entanto, sabe-se que estes solventes são altamente voláteis e tóxicos, de modo que uma alternativa viável menos poluente pode ser promissora, como os líquidos iónicos (LIs). Assim, o objetivo principal do presente trabalho é caracterizar a composição nativa de carotenoides, incluindo os ésteres, da casca de laranja, a partir de extrações convencionais utilizando acetona ou acetato de etila, e de uma extração alternativa utilizando LIs.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MURADOR, DANIELLA C.; SALAFIA, FABIO; ZOCCALI, MARIOSIMONE; MARTINS, PAULA L. G.; FERREIRA, ANTONIO G.; DUGO, PAOLA; MONDELLO, LUIGI; DE ROSSO, VERIDIANA V.; GIUFFRIDA, DANIELE. Green Extraction Approaches for Carotenoids and Esters: Characterization of Native Composition from Orange Peel. ANTIOXIDANTS, v. 8, n. 12 DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.