Busca avançada
Ano de início
Entree

Processamento e caracterização da liga (La0,5Ce0,5)60Al15Co25 extrudada a quente

Processo: 17/16588-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Piter Gargarella
Beneficiário:Maria Clara Farah Antunes Vilas Bôas
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/05987-8 - Processamento e caracterização de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):19/02322-1 - Caracterização de amostras extrudadas da liga vítrea (La0.5Ce0.5)60Al15Co25, BE.EP.IC
Assunto(s):Caracterização   Ligas metálicas   Fundição (processos de fabricação)   Extrusão (conformação mecânica)

Resumo

Os materiais metálicos vítreos têm sido bastante pesquisados ao longo das últimas décadas, principalmente pelo fato de apresentarem propriedades únicas quando comparadas a metais cristalinos convencionais. Propriedades elétricas e magnéticas diferenciadas, elevada resistência a corrosão e resistência mecânica próxima a limites teóricos aliadas a facilidade de processamento via conformação mecânica quando em regime de líquido super-resfriado conferem a esta classe de materiais grande potencial para uso como material de engenharia em produtos de alta performance. Algumas aplicações já são realidade, sendo possível citar exemplos na utilização em núcleos de transformadores, peças de motores elétricos em miniatura, sensores magnéticos e de pressão, peças de equipamentos eletrônicos, artigos esportivos, revestimento resistentes ao desgaste e corrosão e, recentemente, engrenagens para utilização em equipamentos e veículos espaciais que trabalham em temperaturas bastante baixas. É notável a migração na utilização de vidros metálicos do formato de fitas, chapas finas ou recobrimentos finos, utilizando por exemplo técnicas de aspersão e melt-spinning, para geometrias mais complexas através do uso de técnicas de processamento destes materiais em seu estado de líquido super-resfriado. Para tanto, faz-se necessário o entendimento do comportamento dos vidros metálicos nestas condições de processo e a interação dos parâmetros de processo (como temperatura, tensões aplicadas, tempo de processamento, taxa de deformação, etc.) com as características do material durante e após o processamento. O presente projeto tem como objetivo produzir fitas e cilindros da liga vítrea (La0,5Ce0,5)60Al15Co25 através das técnicas de melt spinning e fundição por sucção em coquilha de cobre, respectivamente, e estudar o comportamento destes cilindros em condições específicas de processamento de extrusão a quente. A influência dos parâmetros de processamento na qualidade do material extrudado deverá ser investigada. Lingotes desta liga serão produzidos em forno a arco elétrico e os cilindros serão produzidos por fusão por sucção em coquilha e posteriormente processados por extrusão a quente. A extrusão será realizada em um dispositivo desenvolvido para processamento de materiais por manufatura aditiva. Os cilindros e o material pós processado serão caracterizados através de difração de raios X (DRX), calorimetria diferencial de varredura (DSC) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.