Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do verniz de tetrafluoreto de titânio a 4% na prevenção da desmineralização da dentina sobre modelo de biofilme microcosmo cariogênico - análises de micro-CT e TMR

Processo: 17/13386-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 08 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 23 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Ana Carolina Magalhães
Beneficiário:Daiana Moreli Soares dos Santos
Supervisor no Exterior: Annette Wiegand
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : Göttingen University, Alemanha  
Vinculado à bolsa:16/11152-4 - Avaliação do efeito antimicrobiano do verniz de tetrafluoreto de titânio a 4% utilizando modelo de biofilme microcosmo cariogênico em dentina, BP.MS
Assunto(s):Placa bacteriana   Cárie dentária   Cariologia   Fluoretos

Resumo

O presente estudo tem como objetivo 1) avaliar o efeito do verniz TiF4 a 4% comparado ao NaF 5,42% e clorexidina 2% na prevenção da desmineralização da dentina sobre biofilme microcosmo cariogênico e 2) validar o uso do Micro-CT pela mensuração da desmineralização da dentina. Para a formação do biofilme microcosmo, será coletada a saliva de 2 indivíduos saudáveis, que não terão escovado os dentes nas últimas 24h e nem ingerido líquidos ou alimentos nas 2h anteriores à coleta. A saliva será diluída (70% saliva e 30% glicerol), e alíquotas de 1ml de saliva serão armazenadas a -80ºC. Amostras de dentina bovina (4 mm x 4 mm) serão preparadas e tratadas por 6h com vernizes experimentais contendo: A) TiF4 a 4% (pH 1,0, 2,45% F); B) NaF a 5,42% (pH 5,0, 2,45% F); C) placebo; D) gel de clorexidina a 2% - controle positivo ou E) não tratadas - controle negativo (n=16). Estas amostras serão expostas à saliva humana misturada à de McBain (1:50) com suplementação de sacarose 0,2% (v=1,5 ml) para a formação do biofilme microcosmo, usando placas de 24 poços por período que será definido (piloto com 5, 10 e 15 dias). A desmineralização da dentina será mensurada por Micro-CT, na Universidade de Göttingen, Alemanha e por microradiografia transversal - TMR na Universidade de São Paulo, Brasil. Os dados serão tabulados e submetidos a análise estatística (p<0,05).