Busca avançada
Ano de início
Entree

Diagnóstico precoce da gestação em bovinos através da expressão de genes estimulados por interferon-tau em neutrófilos

Processo: 17/13472-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 27 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Guilherme Pugliesi
Beneficiário:Gabriela Dalmaso de Melo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/10606-9 - Inovações no diagnóstico precoce da gestação em bovinos, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):18/20108-4 - Uso de genes estimulados por interferon-tau e glicoproteínas associadas gestação para predizer a morte embrionária em vacas e novilhas Nelore, BE.EP.MS
Assunto(s):Corpo lúteo   Progesterona

Resumo

O diagnóstico precoce da gestação pode permitir a redução no intervalo de inseminações, gerando como consequência um menor intervalo do parto à concepção, redução no intervalo de partos e impacto positivo na rentabilidade do sistema de produção pecuário. No presente estudo, a tese central baseia-se no fato de que o concepto bovino pode estimular transcritos em células imunes que serviriam como biomarcadores no sangue e poderiam ser detectáveis no início da gestação, permitindo assim o desenvolvimento de um método precoce (antes de 21 dias pós-inseminação) e inovador de diagnóstico de gestação em bovinos. Dessa forma, tem-se como objetivo principal desenvolver um método laboratorial de diagnóstico de gestação através da quantificação da abundância de genes estimulados por interferon tau (ISGs) em células imunes polimorfonucleares (PMNs; neutrófilos), as quais apresentam maior sensibilidade ao estímulo do interferon-tau do que as células imunes mononucleares (PBMCs; monócitos, linfócitos). A primeira etapa do estudo objetiva caracterizar e comparar a expressão de ISGs nas PBMCs e PMNs no período inicial da gestação (Dias 12 a 20 pós-inseminação) em novilhas gestantes e não-gestantes, e posterior avaliação da viabilidade de utilização da técnica como forma de diagnóstico precoce da gestação. Na segunda etapa, a acurácia do diagnóstico gestacional será analisada através da quantificação da expressão de ISGs em PMNs. Através dos resultados obtidos, espera-se que os novos conhecimentos e métodos inovadores sirvam como base para o desenvolvimento de técnicas para a pecuária de leite e corte, visando o progresso da produção animal.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PUGLIESI, GUILHERME; DE MELO, GABRIELA DALMASO; SILVA, JULIO BARBOZA; CARVALHEDO, ALEXANDRE SARDINHA; LOPES, EVERTON; DE SIQUEIRA FILHO, EMIVALDO; SILVA, LUCIANO ANDRADE; BINELLI, MARIO. Use of color-Doppler ultrasonography for selection of recipients in timed-embryo transfer programs in beef cattle. Theriogenology, v. 135, p. 73-79, SEP 1 2019. Citações Web of Science: 0.
PUGLIESI, GUILHERME; DE MELO, GABRIELA DALMASO; ATAIDE, JR., GILMAR ARANTES; GONTIJO PELLEGRINO, CARLOS AUGUSTO; SILVA, JULIO BARBOZA; ROCHA, CECILIA CONSTANTINO; MOTTA, IGOR GARCIA; MORAES VASCONCELOS, JOSE LUIZ; BINELLI, MARIO. Use of Doppler ultrasonography in embryo transfer programs: feasibility and field results. ANIMAL REPRODUCTION, v. 15, n. 3, p. 239-246, JUL-SEP 2018. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.