Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do potencial alelopático de cana-de-açúcar

Processo: 17/09011-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 02 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Pedro Luis da Costa Aguiar Alves
Beneficiário:Neriane Hijano
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/11402-6 - Avaliação do potencial alelopático de cana-de-açúcar, BE.EP.DR
Assunto(s):Matologia   Alelopatia   Cana-de-açúcar   Cromatografia

Resumo

As cultivares de cana-de-açúcar plantadas atualmente são resultado de melhoramentos genéticos que foram realizados visando o incremento na produtividade, mas esta seleção resultou na redução do potencial competitivo da espécie, que pode estar associada aos compostos alelopáticos presentes e/ou liberados por cada cultivar. A família Poaceae está entre as famílias mais pesquisadas em relação aos compostos alelopáticos. A alelopatia caracteriza-se pelo efeito de uma planta no crescimento e estabelecimento de outra, através da produção e liberação de compostos químicos secundários para o ambiente. Com isto, o objetivo é caracterizar o potencial alelopático de cana-de-açúcar, cultivares CTC 2 e IAC 911099, pelo método de liberação por exsudação radicular (planta "in vivo"); isolar frações e substâncias ativas de cana-de-açúcar. Os exsudados serão coletados através do método hidropônico e de garrafas em posição invertida, e serão aplicados em diferentes concentrações em plantas-teste e em plantas-alvo (experimentos de cito e fitotoxicidade), para verificação do potencial alelopático. Também será utilizado o do método de plantas em convivência, em caixas com e sem interferência radicular. Os exsudados mais ativos serão fracionados conforme técnicas apropriadas de cromatografia e as frações obtidas serão testadas por meio dos mesmos bioensaios. As frações bioativas serão analisadas para identificação das substâncias presentes. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
HIJANO, Neriane. Avaliação do potencial alelopático de cana-de-açúcar. 2020. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.