Busca avançada
Ano de início
Entree

Estabelecimento do cariótipo molecular e associações sintênicas em Trypanosoma rangeli, Trypanosoma conorhini e Trypanosoma cruzi

Processo: 17/17144-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:José Franco da Silveira Filho
Beneficiário:Sophia Costa Araujo
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/15000-4 - Trypanosoma cruzi: variabilidade genômica intra- e interespecífica e mecanismos de invasão/evasão celular, AP.TEM
Assunto(s):Sintenia   Trypanosoma rangeli   Trypanosoma cruzi   Cariótipo   Biologia molecular

Resumo

Trypanosoma rangeli e Trypanosoma cruzi são protozoários da família Trypanosomatidae, ordem Kinetoplastida e gênero Trypanosoma que parasitam humanos. Ao contrário de T. rangeli, T. cruzi é patogênico para humanos causando a doença de Chagas que afeta mais de 8 milhões de pessoas na América Latina, incluindo os Estados Unidos. A comparação entre T. cruzi e T. rangeli poderá elucidar mecanismos que determinam a capacidade do T. cruzi invadir e multiplicar-se nas células de mamíferos. Estudos filogenéticos indicam a proximidade entre estas espécies e a divergência a partir de um ancestral comum, e que T. rangeli e T. conorhini estão mais próximos entre si quando comparados com T. cruzi. A comparação entre os cariótipos de espécies próximas é uma estratégia interessante para identificar variações intra- e interespecíficas cromossômicas envolvidas no processo de especiação. Para entendermos a evolução cromossômica no clado T. cruzi seria interessante estender a análise sintênica a outros isolados de T. rangeli e T. conorhini. Neste projeto pretendemos definir os cariótipos de isolados de T. rangeli e investigar as relações sintenicas com T. cruzi (clone CL Brener) por hibridização das bandas cromossômicas separadas por eletroforese de campo pulsado (PFGE) com marcadores cromossomos-específicos pertencentes aos grupos sintenicos definidos em T. cruzi. (AU)