Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos ecotoxicológicos de agroquímicos utilizados em pastagens e em culturas de cana-de-açúcar sobre anfíbios

Processo: 17/13377-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Evaldo Luiz Gaeta Espindola
Beneficiário:Juliane Silberschmidt Freitas
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/18790-3 - Consequências ambientais da conversão pastagem-cana-de-açúcar e intensificação de pastagens, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Fertilizantes   Sustentabilidade   Anfíbios   Etanol   Cana-de-açúcar   Ecotoxicologia   Agrotóxicos

Resumo

A cana-de-açúcar é a matéria-prima mais eficiente na produção de biocombustíveis no mercado, o que tem contribuído para a rápida expansão de suas culturas e gerado preocupações relacionadas aos seus impactos ambientais em território brasileiro. Uma das alternativas consideradas para evitar a remoção de vegetação nativa é a expansão das culturas energéticas em pastagens degradadas ou subutilizadas pelo processo de "intensificação de pastagens", o qual visa alocar o mesmo número de animais em áreas menores, disponibilizando áreas de pasto para o estabelecimento de novas culturas de cana. Contudo, esses processos requerem práticas de manejo que incluem a aplicação de fertilizantes e agrotóxicos, os quais devem trazer efeitos adversos não avaliados a ecossistemas não alvos. O ambiente aquático é um dos principais destinos de produtos utilizados na agricultura e pecuária, e suas comunidades, em sua maioria, são especialmente vulneráveis à ação desses compostos. Em regiões tropicais, as atividades agrícolas na cana-de-açúcar são intensificadas durante os períodos de chuva, o qual coincide com o período de ocorrência e reprodução para maioria das espécies de anfíbios. Nesse estudo, objetivamos avaliar os impactos gerados pelo uso de agroquímicos, associados às pastagens e culturas de cana, sobre a dinâmica e estrutura de comunidades de anfíbios. Para isso, girinos serão expostos a agrotóxicos e/ou fertilizantes, em modelos ecossistêmicos abertos (mesocosmos), os quais serão estabelecidos na unidade experimental do Centro de Recursos Hídricos e Estudos Ambientais (CRHEA) (EESC/USP). As simulações de campo serão realizadas para avaliação das consequências físicas, químicas e biológicas do uso de agrotóxicos e da intensificação de pastagens em sistemas de água doce, considerando variações naturais relevantes nesses ecossistemas. Estudos complementares em laboratório (toxicidade aguda, comportamento de evitação e biomarcadores) também serão conduzidos como suporte na avaliação da sensibilidade e toxicidade de agrotóxicos da cana-de-açúcar para anfíbios tropicais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FREITAS, JULIANE SILBERSCHMIDT; GIROTTO, LAIS; GOULART, BIANCA VELOSO; GONCALVES ALHO, LAYS DE OLIVEIRA; GEBARA, RENAN CASTELHANO; MONTAGNER, CASSIANA CAROLINA; SCHIESARI, LUIS; GAETA ESPINDOLA, EVALDO LUIZ. Effects of 2,4-D-based herbicide (DMA (R) 806) on sensitivity, respiration rates, energy reserves and behavior of tadpoles. ECOTOXICOLOGY AND ENVIRONMENTAL SAFETY, v. 182, OCT 30 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.