Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da suplementação diária com ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 e aspirina em baixa dosagem no tratamento de Periodontite Agressiva Generalizada: estudos clínicos controlados randomizados

Processo: 17/05101-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Mauro Pedrine Santamaria
Beneficiário:Cássia Fernandes Araujo
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Periodontite agressiva   Ácidos graxos insaturados   Ácidos graxos ômega-3   Ácido acetilsalicílico   Ensaio clínico controlado aleatório

Resumo

A Periodontite é uma inflamação que leva a destruição dos tecidos gengival e periodontal. Dentre as formas de doença periodontal, a Periodontite Agressiva (PAg) apresenta a mais rápida taxa de progressão e afeta indivíduos jovens e sistemicamente saudáveis. Entretanto, apesar dos estudos mostrarem que a associação de um antimicrobiano à terapia mecânica promove melhores resultados, o uso em grande escala de agentes antibióticos pode gerar resistência bacteriana na microbiota periodontal. Portanto, outras formas de terapia precisam ser desenvolvidas. Em pacientes portadores de PAg a variação interindividual em resposta à terapia tende a ser generalizada. Desse modo, pesquisas envolvendo modulação das respostas inflamatórias do hospedeiro podem ser de grande valia para esses pacientes. Recentemente, a suplementação diária de ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 e aspirina foi proposta como terapia adjunta ao tratamento de Periodontite Crônica, demonstrando bons resultados clínicos. A aspirina mostrou bons resultados por induzir a produção de lipoxinas gatilhadas por aspirina, que são mais bioativas do que lipoxinas comuns e possuem melhores propriedades resolutivas da inflamação. Estudos mostraram que ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 servem de substrato para conversão enzimática de mediadores lipídicos chamados de resolvinas e protectinas, os quais apresentam grande potencial de ações protetivas e pró-resolutivas em doenças inflamatórias, como na Periodontite. Assim, o objetivo do presente estudo clínico controlado randomizado de superioridade será avaliar o efeito da suplementação diária de 3 g de ácidos graxos poli-insaturados ômega-3 e de 100 mg de aspirina por um período de 180 dias como adjuvantes às terapias não-cirúrgica e cirúrgica no tratamento de pacientes com Periodontite Agressiva Generalizada. Serão avaliados profundidade de sondagem, nível de inserção clínica, índice gengival e concentração de microrganismos e citocinas no baseline, 3, 6 e 12 meses após a terapia. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ARAUJO, Cássia Fernandes. Avaliação da suplementação diária de ácidos graxos poli-insaturados de ômega-3 e aspirina em baixa dosagem no tratamento de periodontite agressiva generalizada : estudos clínicos controlados randomizados. 2020. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Instituto de Ciência e Tecnologia (Campus de São José dos Campos)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.