Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da adição de Al e C nas propriedades mecânicas de aços de baixa densidade conformados por spray

Processo: 17/14805-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 01 de março de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Claudemiro Bolfarini
Beneficiário:Lucas Barcelos Otani
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/05987-8 - Processamento e caracterização de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):18/12638-3 - Processamento e caracterização de aços de baixa densidade através da conformação por spray em escala semi-industrial, BE.EP.DR
Assunto(s):Aço   Alumínio   Carbono   Manganês   Conformação por spray   Plasticidade dos materiais   Mudança de fase

Resumo

Aços de baixa densidade são materiais avançados que estão sendo desenvolvidos com principal foco na indústria automobilística, com a finalidade principal de redução do peso estrutural dos carros. A principal característica é a baixa densidade devido à adição de elementos como o Mn e o Al. Os principais estudos envolvendo estes aços estão relacionados à avaliação das propriedades mecânicas, visto que algumas composições apresentam os efeitos de plasticidade induzida por transformação de fase (TRIP) e por formação de maclas (TWIP). As principais composições estudadas correspondem a variações do sistema Fe-Mn-Al-C, sendo que os elementos de liga e o processamento interferem diretamente na microestrutura do material final e, portanto, o seu comportamento mecânico. O objetivo desta tese de doutorado é avaliar o efeito da adição de Al e C em aços com alto teor de manganês a fim de se observar os efeitos que estas adições trarão nas propriedades mecânicas. Propõe-se estudar nove sistemas variando o teor de C e Al, de forma que será estudado o efeito do carbono em materiais com equivalentes energias de falha de empilhamento. Os tarugos serão fabricados via conformação por spray e, posteriormente, conformados mecanicamente até que atinjam a forma de chapa. Serão avaliadas, principalmente, as propriedades mecânicas, bem como os diferentes estágios de deformação a que os materiais serão submetidos. O uso da conformação por spray se justifica, pois, como essas composições tendem a altos níveis de segregação quando solidificadas convencionalmente, espera-se uma alteração no comportamento mecânico devido ao mecanismo prevalente de solidificação obtido. (AU)