Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemática da ordem Batrachospermales com ênfase nos gêneros Sirodotia e Batrachospermum (Rhodophyta)

Processo: 17/21404-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Orlando Necchi Junior
Beneficiário:Beatriz Gomes Ricardo
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/07808-1 - Sistemática da ordem Batrachospermales com ênfase nos gêneros Sirodotia e Batrachospermum (Rhodophyta), AP.R
Assunto(s):Batrachospermales   Algas   Rhodophyta   Filogeografia   Diversidade genética   Genética populacional   Filogenia

Resumo

O projeto consiste em análise molecular (filogenética, filogeográfica e genética populacional) de representantes dos gêneros Sirodotia e Batrachospermum (seções Turfosa e Virescentia) e caracterização morfológica aplicando-se critérios de uso corrente e novos. Com base nas informações atualmente disponíveis (morfológicas e moleculares) sobre representantes do gênero Sirodotia e dos grupos de interesse do gênero Batrachospermum em âmbito mundial, hipóteses robustas serão testadas: 1) os gêneros Sirodotia e as referidas seções do gênero Batrachospermum constituem grupos monofiléticos dentro da ordem Batrachospermales; o reconhecimento desses grupos e a proposta de resolver o parafiletismo de Batrachospermum resultarão na elevação dessas seções para o nível gênero; 2) As espécies atualmente reconhecidas nesses grupos com base em caracteres morfológicos serão corroboradas pelos dados moleculares; além dessas espécies, outras (particularmente espécies crípticas) serão reveladas como espécies distintas com base em evidências genéticas, morfológicas ou geográficas; 3) A similaridade genética entre as populações de cada espécie será progressivamente menor quanto mais distantes geograficamente, com maior divergência genética inter do que intra-populacional para todos os marcadores utilizados. Para testar estas hipóteses propõe-se os seguintes objetivos gerais: 1) Inferir as relações filogenéticas, bem como os limites de variação inter-específica, das espécies dentro do gênero Sirodotia e das seções Turfosa e Virescentia do gênero Batrachospermum, bem como destes com outras seções do gênero, com base na análise das sequências de três marcadores moleculares (plastidial rbcL e mitocondriais - região de "barcode" do gene cox 1); 2) Elaborar estudo revisionário para Sirodotia e as referidas seções de Batrachospermum por meio da reavaliação dos caracteres taxonômicos diagnósticos para espécies desses grupos, à luz dos novos dados moleculares gerados; 3) Analisar os níveis de variação genética inter e intra-populacional, bem como os padrões filogeográficos de espécies selecionadas ocorrentes no Brasil; a análise da variação populacional será feita por meio dos marcadores cox 1, cox 2-3 e de microssatélites. O projeto proposto apresenta aspectos de grande relevância, a saber: 1) Trata-se de um trabalho de sistemática amplo envolvendo aspectos morfológicos e moleculares de um grupo representativo de rodófitas continentais para várias regiões do globo; 2) Fornecerá valiosos subsídios para análises comparativas de sistemática, filogenia, filogeografia e genética populacional para rodófitas continentais, especialmente da ordem Batrachospermales; proverá ainda valiosos subsídios para abordagens sobre biodiversidade de macroalgas continentais, bem como do potencial de aplicação nas áreas de conservação e biomonitoramento em ambientes aquáticos. Ao final deste projeto a maior parte do que consiste hoje o gênero Batrachospermum terá sido revisada, o que representará substancial contribuição científica para este grupo de algas vermelhas. (AU)