Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos mecanismos moleculares associados à modulação da patogênese do HIV mediada por vesículas extracelulares

Processo: 17/18477-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Luis Lamberti Pinto da Silva
Beneficiário:Mara Elisama da Silva Januário
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Transporte proteico   Produtos do gene nef   Vesículas extracelulares   Etiologia   HIV   Antígenos CD4   Endocitose   Exocitose

Resumo

As células secretam ativamente vesículas extracelulares (EVs) que participam de diferentes processos biológicos nas células aceptoras. Uma das funções recentemente descritas para EVs é sua participação na modulação da patogênese de diferentes vírus. Especificamente no caso do HIV, sabe-se que EVs possuem um papel dualista no processo de infecção. EVs podem mediar a comunicação intercelular e ativar a montagem de respostas antivirais entre diferentes células de forma independente de infecção da célula aceptora. Por outro lado, as EVs podem carregar proteínas virais que inibem a atividade imunológica e auxiliam a virulência. A proteína acessória Nef do HIV promove um aumento na liberação de EVs e foi observado que Nef tem a capacidade de promover sua própria exportação em EVs, por um mecanismo ainda não conhecido, afetando diretamente as células aceptoras e não infectadas pelo vírus. Nosso grupo de pesquisa demonstrou que Nef possui a habilidade de modular os níveis do receptor de entrada do vírus em EVs, o receptor CD4. Experimentos adicionais nos permitiram concluir que a presença de CD4 nas EVs presentes durante a infecção tem um papel inibitório na infectividade do HIV, mas o mecanismo que leva a inibição da infectividade mediada por EVs CD4+ não foi determinado. Estes dados também levantam a questão de quais outras proteínas do hospedeiro, com potencial atividade antiviral, tem a sua presença em EVs reduzida por Nef. Outro conjunto de dados obtidos pelo nosso grupo de pesquisa também auxiliam a entender o mecanismo molecular utilizado por Nef para promover sua própria exportação em EVs. Foi observado que o silenciamento da expressão da proteína Alix reduz a exportação de Nef em EVs. É importante destacar que diversos trabalhos demonstraram que Nef interage fisicamente com Alix e que Alix participa da seleção de cargas para EVs, sugerindo que esta interação medeie a exportação de Nef em EVs. Desta forma, o presente projeto de pesquisa visa entender a importância de Alix para a liberação de Nef em EVs, identificar novas proteínas que tem seus níveis modulados em EVs de forma dependente de Nef e caracterizar o papel de CD4 presente em EVs na inibição da infectividade do HIV. Espera-se assim entender como as EVs modulam a patogênese do HIV, especificamente o papel de Nef neste processo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)