Busca avançada
Ano de início
Entree

Reconstituição hidroclimática do quaternário tardio baseada na razão isotópica de hidrogênio em compostos específicos de sedimentos lacustres, sudeste da Amazônia

Processo: 17/20062-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 07 de maio de 2018
Vigência (Término): 06 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Ruiz Pessenda
Beneficiário:Luiza Santos Reis
Supervisor no Exterior: Ioanna Bouloubassi
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Local de pesquisa : Université Pierre et Marie Curie (Paris 6), França  
Vinculado à bolsa:15/25744-8 - Reconstituição pleistocênica interdisciplinar de depósitos lacustres da serra sul de Carajás, sudeste da Amazônia, BP.DR
Assunto(s):Paleoclimatologia

Resumo

Diversos estudos prévios comprovaram a importância da razão D/H [deutério (2H ou D) e hidrogênio (H)] em compostos orgânicos específicos extraídos de sedimentos lacustres como proxies paleohidrológicos. Métodos analíticos inovadores demostraram que a composição isotópica do hidrogênio de lipídios provenientes de plantas terrestres e aquáticas é fortemente correlacionada com a composição da água da chuva utilizada nos processos bioquímicos das plantas. A abundância relativa dos isótopos de hidrogênio nas chuvas, por sua vez, está diretamente ligada ao fluxo de água no ciclo hidrológico. Assim, oscilações nos valores de d2H registrados, por exemplo, em ceras foliares de plantas e/ou sedimentos lacustres são essenciais para a compreensão das mudanças na dinâmica atmosférica ao longo do tempo geológico. Porém, mesmo tendo sido reconhecida como uma ferramenta promissora no âmbito dos estudos de reconstituição paleohidrológica, poucos estudos contendo dados isotópicos (d2H, d13C) de lipídios extraídos de sedimentos lacustres foram realizados na América do Sul. Dessa forma, o presente estudo visa analisar a razão D/H de compostos orgânicos específicos preservados em sedimentos lacustres, do leste da Amazônia, afim de obter informações a respeito das variações paleohidrológicas e paleoclimáticas regionais ao longo do Quaternário Tardio e suas implicações paleoambientais.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.