Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do manejo da palhada de cana-de-açúcar sobre a comunidade solubilizadora de fósforo

Processo: 17/09852-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Pesquisador responsável:Fernando Dini Andreote
Beneficiário:Julia Capozzi Franke
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Fósforo   Solubilização   Palhas   Cana-de-açúcar   Produção agrícola   Agricultura sustentável   Nutrientes minerais do solo

Resumo

A cana-de-açúcar é atualmente a cultura de maior importância agrícola do estado de São Paulo e tem papel de destaque entre as principais culturas do Brasil. Dentro do manejo desta cultura, a manutenção da palha sobre a superfície do solo resulta em melhoria dos atributos físicos e químicos, contribuindo para o aumento do estoque de carbono, da atividade biológica e do armazenamento de água, conferindo uma melhora nutricional do solo. Essa melhora nutricional está associada ao fato da incorporação da palha estimular a atividade microbiana do solo que auxilia na disponibilização de nutrientes às plantas, dentre eles o fósforo. Solos brasileiros apresentam uma maior tendência ao predomínio das formas de fósforo inorgânicas fortemente ligadas à fração mineral e formas orgânicas estabilizadas física e quimicamente. Diversos grupos microbianos possuem a capacidade de mineralizar fosfatos orgânicos e solubilizar fosfatos inorgânicos, permitindo a sua absorção pelas plantas. A presente proposta de pesquisa tem como objetivo avaliar os efeitos da disposição de diferentes quantidades de palha de cana-de-açúcar (0, 5, 10 e 15 mg ha-1) em solos com distintas texturas (argiloso e arenoso) sobre a diversidade e o funcionamento da comunidade microbiana associada a disponibilização de fósforo utilizando metodologias independentes de cultivo. Deste modo, a proposta visa obter maior entendimento dos microrganismos responsáveis pela liberação de fósforo a partir da degradação da palhada de cana-de-açúcar. Espera-se que os resultados obtidos possam agregar informações para as tomadas de decisões no sistema de produção da cana-de-açúcar, proporcionando uma opção de manejo mais eficiente e sustentável da cultura. (AU)