Busca avançada
Ano de início
Entree

Um novo método para a validação e definição de zoneamento bioclimático para edificações baseado no desempenho

Processo: 17/14617-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Lucila Chebel Labaki
Beneficiário:Angélica Segovia Walsh García
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/00978-4 - Robustez do método de validação de zoneamento bioclimático baseado no desempenho, BE.EP.PD   18/00976-1 - Integração entre SIG e Matlab para automação do método de validação de zoneamento bioclimático baseado no desempenho, BE.EP.PD
Assunto(s):Adequação ambiental

Resumo

O zoneamento bioclimático para edificações é uma ferramenta importante para a definição de políticas e normativas de eficiência energética. Entretanto, não há consenso sobre a metodologia mais apropriada para sua definição. Hoje, mais de 54 países são objeto de zoneamento bioclimático, e na maioria dos casos, poucos aspectos são levados em consideração na sua definição. Isto conduz a uma simplificação excessiva que em alguns casos pode comprometer a eficácia de políticas de eficiência energética para edificações. Além disso não existem procedimentos ou indicadores de desempenho que permitam validar um método de zoneamento bioclimático, dificultando a seleção de métodos mais adequados para cada contexto. Nesse cenário este trabalho tem como objetivo propor uma abordagem inovadora que consiste no uso intensivo de modelos, simulação termo-energética e sistemas de informação geográfica (SIG) para a validação e definição do zoneamento bioclimático. O procedimento baseia-se no princípio de que duas regiões devem pertencer à mesma zona bioclimática, se o desempenho dos edifícios for semelhante em ambas as regiões, considerando um conjunto de edificações. Este método será aplicado a um estudo de caso em Campinas, no Estado de São Paulo, por meio da avaliação de duas propostas de zoneamento bioclimático: o Zoneamento brasileiro da norma NBR-15220 e a segunda versão do zoneamento bioclimático brasileiro proposta pela ANTAC. O número de horas de conforto de tipologias residenciais, de acordo com o modelo adaptativo, será usado como indicador de desempenho. Os dados serão gerados por meio de simulação fazendo uso de EnergyPlusV8.7. O pré-processamento e pós-processamento de dados será totalmente automatizado com rotinas de MatlabR14. O programa ArcGis 10.5 será utilizado no processo. Espera-se obter um método de validação capaz de estabelecer uma comparação imparcial entre os métodos de zoneamento bioclimático e selecionar assim o de melhor desempenho.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WALSH, ANGELICA; COSTOLA, DANIEL; LABAKI, LUCILA CHEBEL. Validation of the climatic zoning defined by ASHRAE standard 169-2013. ENERGY POLICY, v. 135, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
WALSH, ANGELICA; COSTOLA, DANIEL; LABAKI, LUCILA CHEBEL. Performance-based validation of climatic zoning for building energy efficiency applications. APPLIED ENERGY, v. 212, p. 416-427, FEB 15 2018. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.