Busca avançada
Ano de início
Entree

Distribuição de C e N nas raízes de solos sob consórcio milho-braquiária

Processo: 17/14895-0
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2017
Vigência (Término): 14 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Heitor Cantarella
Beneficiário:Rafael Domingues de Oliveira
Instituição Sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50305-8 - A virtual joint centre to deliver enhanced nitrogen use efficiency via an integrated soil-plant systems approach for the UK & Brazil, AP.TEM
Assunto(s):Milho   Brachiaria   Nitrogênio   Agricultura sustentável
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Agricultura Sustentável | consórcio milho-braquiária | Eficiência do uso de Nitrogênio | redução de perdas do nitrogênio | Eficiência do uso de Nitrogênio

Resumo

Aumentar a Eficiência do Uso de Nitrogênio (EUN) é uma questão bastante importante para que a produção agrícola avance em três importantes aspectos: segurança alimentar, degradação ambiental e mudanças climáticas. Uma prática que tem chamado a atenção dos agricultores brasileiros é a consorciação de grãos com forrageiras tropicais. O consórcio de grãos com forrageiras se destaca porque pode usar o N de forma mais eficiente, mas os motivos que fazem esse sistema ser mais eficiente ainda precisam ser testados. Esse projeto faz parte de uma tese de doutoramento vinculado ao NUCLEUS, projeto temático FAPESP (15/50305-8), visando relacionar a EUN ao volume de solo explorado pelas plantas que compõem o sistema consorciado no espaço e no tempo. A consorciação escolhida para realização desse ensaio é a de milho e braquiária. As hipóteses desse trabalho são que o consórcio milho-braquiária aumenta a EUN e o volume radicular das braquiárias durante o inverno nas camadas superficiais do solo, com isso parte do N orgânico das raízes se disponibilizarão para o cultivo de milho seguinte. Os objetivos desse trabalho são avaliar a EUN no sistema de plantio solteiro e consorciado do milho, a biomassa radicular nas camadas superficiais do solo, quantificar a concentração de N e C nas raízes e correlacionar a EUN com a biomassa radicular. O delineamento experimental inclui dois diferentes sistemas de cultivo com duas espécies de braquiárias e duas diferentes doses de nitrogênio aplicadas em cobertura: milho convencional + 0 kg N ha-1 (M0), milho convencional + 150 kg N ha-1 (M150), milho consorciado com Brachiaria humidicola + 0 kg N ha-1 (MH0), milho consorciado com Brachiaria humidicola + 150 kg N ha-1 (MH150), milho consorciado com Brachiaria brizantha + 0 kg N ha-1 (MB0), milho consorciado com Brachiaria brizantha + 150 kg N ha-1 (MB150). Os resultados desse trabalho buscam avaliar se o plantio de milho em consórcio com Brachiaria humidicola e Brachiaria brizantha aumentam a EUN, a presença das raízes no solo em relação ao sistema de cultivo solteiro e a quantidade de N no solo contidos na forma de raízes em comparação com o sistema de cultivo de milho solteiro. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)