Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da ativação de Stats da via de JAK/STAT na coinfecção com duas cepas de Trypanosoma cruzi em macrófagos humanos

Processo: 17/19359-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2017
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Renato Arruda Mortara
Beneficiário:Gabriela Dantas de Oliveira Vieira
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/15000-4 - Trypanosoma cruzi: variabilidade genômica intra- e interespecífica e mecanismos de invasão/evasão celular, AP.TEM
Assunto(s):Trypanosoma cruzi   Macrófagos   Coinfecção   Fosforilação

Resumo

A doença de Chagas é considerada a endemia de maior impacto sobre a morbimortalidade na América Latina, acometendo aproximadamente 8 milhões de pessoas no mundo, cujo agente etiológico é o protozoário Trypanosoma cruzi. A doença possui fases aguda, indeterminada e crônica, e os variados sintomas relacionados à infecção são consequência da persistência do patógeno. Para sua permanência intracelular, o parasita modula a célula hospedeira a partir de modificações na expressão de proteínas. Uma via de fatores de transcrição importante que demonstrou ação celular tripanocida e pode ser modulada pelo T. cruzi em benefício da infecção é a via de transcrição gênica JAK/STAT. Parasitas filogeneticamente distintos apresentam tropismo tecidual e curso de infecção específicos, além de apresentarem padrões de infectividade diferentes quando coabitam o mesmo hospedeiro. Nosso objetivo será avaliar o curso da coinfecção de duas cepas de T. cruzi (G e CL), em macrófagos humanos, em comparação às infecções simples. Adicionalmente, analisaremos se ocorre fosforilação diferencial das STATs e se estas se relacionam com a modulação dos parasitas nas células hospedeiras. (AU)